Pandemia consolida Educação a Distância

Pandemia consolida Educação a Distância

Índices de evasão neste ano foram inferiores aos registrados em 2019 na Faculdade Senac

Correio do Povo

Senac comemora baixa nos índices de evasão na modalidade EAD

publicidade

Em um cenário em que as instituições de Ensino Superior já podiam ter 20% de seus cursos à distância e a legislação avançava para até 40%, a pandemia não chegou a assustar. “De certa forma, nós já estávamos preparados para atuar a distância, já realizávamos o vestibular on-line, mas ainda havia um contato presencial, na hora da matrícula”, explica diretor da Faculdade Senac, Elivelto Nagel da Rosa Finkler.

Com o agravamento da crise sanitária, a instituição aumentou seus canais de comunicação, como, por exemplo o WhatsApp, que fornece uma resposta muito rápida, e também acelerou muitos processos já em andamento. “Hoje, proporcionamos acesso direto aos nossos laboratórios”, destaca. Elivelton cita, como exemplo, os laboratórios multimídia que, a partir de uma nova plataforma, podem ser logados pelos alunos, direto das suas casas.

Um dos primeiros resultados diante de toda essa mudança, foi o aumento de confiança na Educação a Distância (EAD). “Os índices de evasão, neste último período de inverno, são menores que os do ano passado, nesta mesma época”, garante o diretor, lembrando que os estudantes já perceberam que este modelo, onde o professor está presente no horário da aula – a chamada aula síncrona – funciona perfeitamente, sem perda de qualidade, e com a vantagem econômica de não ter o deslocamento. “Isso não é apenas uma percepção, trabalhamos com pesquisa, e 93% dos alunos se declararam satisfeitos com nosso modelo”, afirma. Ele reconhece, claro, que houve muita adaptação, não só dos professores, como da equipe administrativa, assim como o embarque de novas tecnologias.

Veja Também

O diretor da Faculdade Senac acredita que o modelo atual não tem mais volta, até porque criou facilitações que levaram à ampliação de toda essa gama de oportunidades. “Estamos diante não de uma mudança, mas de uma revolução tecnológica, inclusive no ensino. É uma aceleração de tendências e que oferece inúmeras possibilidades”, avalia. Ele adverte que a hora de agir, para quem quer iniciar ou avançar na carreira, é agora. “Existem bolsas, incentivos, novos cursos.” A Faculdade Senac oferece, por exemplo, o Programa Desempregado, no qual o primeiro semestre é gratuito e, no segundo semestre, quando o aluno já conseguiu um trabalho, ele paga somente 50% da mensalidade. “As oportunidades estão aí: hoje não estuda somente quem não quiser”, considera.

Novos cursos

A Faculdade Senac oferece 22 cursos de graduação, sendo 15 nas modalidades a distância e presencial, e sete apenas EAD. Entre as novidades estão o curso de Defesa Cibernética e o de Tecnologia em Banco de Dados. O processo de agendamento da prova on-line está aberto e os interessados podem escolher a data e o horário pelo site www.senacrs.com.br/vestibular. O vestibular é gratuito e oferece vagas nas áreas de negócios, turismo, tecnologia e moda, em Porto Alegre; e o curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, em Pelotas.

Comerciários, egressos de cursos técnicos ou dos cursos de aprendizagem do Senac-RS tem 50% de desconto no primeiro semestre da graduação em 2021/1. A opção é válida para quem se matricular, no mínimo, em 20 créditos. O desconto também é aplicado para transferências, ingresso de diplomados e reingresso de alunos da Faculdade Senac, nas mesmas condições citadas acima. Em Porto Alegre, mais informações podem ser obtidas pelo WhatsApp (51) 99379-5386. Para atendimento especial e acessibilidade, contato com o Núcleo de Acessibilidade e Inclusão - NAI pelo e-mail fspoanucleoinclusao@senacrs.com.br. Já em Pelotas o contato pode ser feito pelo telefone (53) 3225-6918.

Serviço

Agendamento da prova on-line aberto, com escolha de data e horário pelo site www.senacrs.com.br/vestibular

 

Especial Vestibular Verão 2020 | Coordenação Geral e Edição: Maria José Vasconcelos | Editora assistente: Vera Nunes | Reportagem e Redação: Maria José Vasconcelos, Vera Nunes e Daiana Garcia, sob supervisão.


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895