capa

Ação literária distribuirá livros gratuitos na Lomba do Pinheiro

"Projeto Livro na Lomba" ocorre na próxima terça-feira na Parada 21

Por
Lou Cardoso

Ação integra-se como parte de homenagens ao Dia Internacional do Livro

publicidade

Em sua sétima edição, o "Projeto Livro na Lomba" irá distribuir livros gratuitamente nas paradas de ônibus da Lomba do Pinheiro. A ação da Biblioteca Leverdógil de Freitas, do Instituto Popular de Arte e Educação (Ipdae), ocorre nesta terça-feira, entre 6h e 8h30min, com ênfase no terminal da Parada 21, que recebe passageiros vindo de outros bairros e regiões mais afastadas do bairro, incluindo sítios de Viamão, Lami, Itapuã, Belém Velho, Rincão, Campo Novo, Pitinga, Restinga, Hípica, entre outros. "Do bairro Lomba do Pinheiro até o Centro da cidade leva-se em torno de 50 minutos a uma hora, assim muitas pessoas aproveitam este tempo para ler", explicou autora da iniciativa, Fátima Flores, diretora do Ipdae.

Nas seis edições já foram distribuídos o total de seis mil livros. Neste ano, a meta é distribuir mil obras. "Muitos dos livros distribuídos nos anos anteriores foram sendo repassados, ou seja, o mesmo livro foi lido por  três ou quatro pessoas", comentou Fátima. "Algumas pessoas, após a leitura, devolveram os livros para a biblioteca e solicitaram outro. Em face disto, colocamos um banco de trocas de livros", acrescentou. 

Acervo com 32 mil obras

A Biblioteca do Ipdae (avenida João de Oliveira Remião, 7193, Parada 18) é aberta à comunidade e possui um acervo de 32 mil obras nas áreas de literatura juvenil, infantil, brasileira e literatura em geral, obras de educação, psicologia, teatro, música, artes em geral, dicionários, enciclopédia, livros de pesquisa, cd’s, partituras, mapas, etc. Com acervo amplo, o local atende dos leitores em formação até pesquisas especializadas.

"Temos usuários que retiram muitos livros; são associados que retiram, em média, 30 ou 40 livros. Temos donas de casa que fazem seus afazeres domésticos com rapidez para à tarde vir a Biblioteca; temos crianças e adolescentes que sentam à mesa da Biblioteca e pegam um livro, pegam outro, passam horas folheando diferentes exemplares", disse.

Ela acrescentou que muitas pessoas que receberam os livros foram na Biblioteca para associarem-se e conhecer o trabalho da instituição: "muitos até colocaram seus filhos na Escola de Música que o Ipdae mantém".

A ação integra-se às centenas de homenagens ao Dia Internacional do Livro, cuja ação iniciou na Catalunha, Espanha. O projeto tem apoio da Fundação Ecarta e do Comitê de Cidadania dos Funcionários do Banco do Brasil. A Biblioteca do Ipdae, além de oferecer um diversificado acervo também promove diversos programas de fomento à leitura e ao livro, como Hora do Conto, Varal da Poesia, Oficina de Leitura e o projeto Livro na Lomba.