Após apelo da prefeitura, diminui movimento em parques e praças em Porto Alegre

Após apelo da prefeitura, diminui movimento em parques e praças em Porto Alegre

Ao contrário de outros domingos, a maioria dos frequentadores usava máscara

Felipe Samuel

Movimento nas praças e parques diminuiu na comparação com outros domingos

publicidade

No primeiro domingo após apelo do prefeito Nelson Marchezan Júnior para que a população respeite as medidas de isolamento social e evite sair às ruas de Porto Alegre para evitar a disseminação do novo coronavírus, parques e praças registraram movimento reduzido em comparação a outros finais de semana. A possibilidade de a prefeitura adotar lockdown por conta do crescimento de ocupação dos leitos de UTI parece ter sensibilizado uma parte dos frequentadores da Orla do Guaíba, que apareceram em menor número. 
 
Sem poder acessar a orla próximo à região da Usina do Gasômetro, casais e amigos optaram pela Praça Júlio Mesquita, que fica em frente ao Parque Moacyr Scliar. Fora do trecho interditado pela prefeitura, muitas pessoas faziam caminhadas, mas o que chamou atenção foi a presença de ciclistas em boa parte da orla onde não há bloqueio. No Parque Marinha do Brasil, no Menino Deus, a pista de skate reunia uma dezena de praticantes, enquanto no entorno algumas pessoas tomavam chimarrão.
 
Ao contrário de outros domingos, a maioria dos frequentadores usava máscara, embora uma pequena parcela ainda insista em passear sem o acessório. A população também parece ter compreendido a importância de manter distanciamento entre grupos, que ocupavam gramados e bancos com uma boa distância. Nos parques da Redenção, no Bom Fim, e do Parcão, no Moinhos de Vento, a presença de um número de visitantes abaixo do normal revela que o apelo da prefeitura pode ter surtido efeito.
 
Ainda que os dois locais tenham registrado movimento, os frequentadores, na maioria das vezes, procuravam respeitar distanciamento social e se instalar em locais sem aglomeração. No Parque Germânia, que está fechado, os poucos usuários faziam caminhadas ou andavam de bicicleta ao redor do parque.

Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895