Após atrasos na entrega de vacinas, mais Estados iniciam campanha de imunização

Após atrasos na entrega de vacinas, mais Estados iniciam campanha de imunização

Profissionais que trabalham na linha de frente no combate à Covid-19 são os primeiros a receber a vacina

AE

Campanha de vacinação começou em São Paulo no domingo

publicidade

Após falhas de logística do Ministério da Saúde que atrasaram a distribuição da vacina contra a Covid-19, os Estados da Bahia, Pará, Alagoas, Sergipe e Paraíba começaram suas campanhas de vacinação na manhã desta terça-feira. Outros cinco Estados e o Distrito Federal devem iniciar a imunização ainda nesta terça.

Na Bahia, a primeira pessoa a receber a Coronavac foi a enfermeira Maria Angélica de Carvalho Sobrinho, de 53 anos, que trabalha na linha de frente no combate à Covid-19 no Hospital Couto Maia, em Salvador. A técnica de enfermagem Shirley Cuimar Cruz Maia, de 39 anos, foi a primeira imunizada no Pará. Ela trabalha no Hospital de Campanha montado em Belém para atendimento aos pacientes da Covid-19.

Na Paraíba, a escolhida foi a enfermeira Marineide Rodrigues Gouveia Ferreira, de 60 anos, que trabalha na linha de frente desde o início da pandemia. Por ser hipertensa, Marineide precisou assinar um termo de responsabilidade para atuar na área de covid do Hospital Clementino Fraga, na capital João Pessoa.

Em Sergipe, a enfermeira Sônia Aparecida Damásio, de 48 anos, foi a primeira imunizada. Ela é funcionária do Hospital de Urgência Governador João Alves Filho, principal unidade hospitalar do Estado. No Estado de Alagoas, a campanha de vacinação teve início com Marta Antônia de Lima, de 50 anos, assistente social do Hospital da Mulher de Maceió.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895