Após implosão, limpeza do terreno do antigo prédio da SSP é finalizada

Após implosão, limpeza do terreno do antigo prédio da SSP é finalizada

Prédio em Porto Alegre foi implodido em 6 de março

Correio do Povo

Limpeza do terreno onde ficava antigo prédio da SSP é concluída

publicidade

O governo do Rio Grande do Sul anunciou nesta terça-feira que a limpeza do terreno da antiga sede da Secretaria da Segurança Pública (SSP), em Porto Alegre, foi finalizada no último final de semana e todo o entulho restante da implosão, feita em 6 de março, seguiu para a reciclagem. Foram realizadas 1.026 viagens de caminhão para o transporte de 14.000 m³ de entulho e 2.100 m³ de sucata. A empresa Gerdau recebeu as sucatas recolhidas no terreno, enquanto a empresa SBR reciclagem, em Canoas, recebeu o entulho.

Segundo o governo, em todo o período de atuação no terreno, a empresa FBI Demolidora não registrou acidentes de trabalho. O serviço foi finalizado dentro do que foi estabelecido no Plano de Gerenciamento de Resíduos (PGR), apresentado para a Secretaria de Obras e Habitação.

O antigo prédio da SSP foi implodido em 6 de março. O que restou da estrutura, atingida por um incêndio em julho de 2021, tombou em sete segundos. Os 14 sensores sísmicos instalados no entorno da edificação apontaram que não houve vibração ou ruído fora das normas nacionais e internacionais estabelecidas.

A remoção das 20 mil toneladas de escombros que restaram no terreno começou no dia seguinte, em 7 de março. A remoção do entulho e o descarte adequado, além da implosão, fazia parte das obrigações do contrato assinado pela FBI Demolidora com o Estado, no valor de R$ 3.150.000.

O Estado avalia as três possibilidades de destinação do terreno (construção na mesma área, permuta por nova construção ou permuta por prédio já existente) e a análise está em fase final de estudo.

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895