Após quatro semanas, RS sai de nível crítico, conforme boletim da Fiocruz

Após quatro semanas, RS sai de nível crítico, conforme boletim da Fiocruz

Boletim Observatório da Covid-19 destacou melhoras nas taxas de ocupação de leitos de UTI

Correio do Povo

Situação acontece pela primeira vez em quatro semanas

publicidade

O Rio Grande do Sul deixou a categoria nível crítico, conforme o novo Boletim Observatório da Covid-19, publicado na noite desta quarta-feira pela Fiocruz. O documento colocou o Estado em nível médio, considerando a taxa de ocupação em leitos de Unidades de Terapita Intensiva (UTI). Atualmente, a Secretaria Estadual de Saúde (SES) aponta que 81,9% das vagas estão ocupadas. 

Sobre a pandemia em todo o Brasil, a Fiocruz destacou a tendência de melhora na ocupação no Sistema Único de Saúde (SUS) de diversas regiões do país. 

O estudo também sinaliza uma queda nos índices de mortalidade, mas evidencia que o país enfrenta um alto platô de transmissão, em patamar muito superior ao observado em meados de 2020. O número de casos oscilou ligeiramentente, com queda de 0,2% ao dia, enquanto o de óbitos teve queda de 2,5% ao dia.

“É importante confrontar o comportamento das taxas de ocupação de leitos de UTI com os indicadores de incidência e mortalidade por Covid-19 nos estados e no Distrito Federal e buscar entender eventuais movimentações divergentes”, apontaram os pesquisadores.

Na avaliação do boletim, a dissonância observada entre o aumento nos registros de novos casos e a diminuição da mortalidade é explicada pelo avanço da vacinação no país. Hoje, a cobertura vacinal dentro dos grupos de risco, ou dos grupos prioritários, é mais ampla em relação ao restante da população. 

Veja Também


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895