Após recomendação da Anvisa, Porto Alegre suspende vacinação de grávidas com Astrazeneca

Após recomendação da Anvisa, Porto Alegre suspende vacinação de grávidas com Astrazeneca

Gestantes devem procurar as unidades de Saúde Modelo, IAPI, Sta Marta e Sta. Cecilia, onde serão imunizadas com o fármaco da Pfizer/BioNTech

Correio do Povo e Rádio Guaíba

publicidade

A vacinação com a primeira dose contra Covid-19 para pessoas com comorbidades acima de 40 anos continua nesta terça-feira em Porto Alegre. Entretanto, seguindo recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sugerindo que deve ser evitada a vacinação de gestantes com o fármaco Astrazeneca/Oxford, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) suspendeu a aplicação neste grupo até segunda ordem. Assim, as gestantes devem procurar as unidades de Saúde Modelo, IAPI, Sta Marta e Sta. Cecilia, onde serão imunizadas com o fármaco da Pfizer/BioNTech. A Secretaria Estadual da Saúde (SES) dissse que ainda está avaliando a medida. 

De acordo com o texto divulgado pelo órgão regulador na noite dessa segunda-feira, a decisão é fundamentada no "monitoramento constante de eventos adversos possivelmente causados pelas vacinas em uso no País". A atual bula do imunizante não recomenda a aplicação em grávidas sem orientação médica individual. Além disso, o Ministério da Saúde investiga o caso de uma grávida que morreu após ter recebido uma dose da AstraZeneca, no Rio de Janeiro – a Anvisa, no entanto, não cita o ocorrido como justificativa para a suspensão do uso da vacina. 

Além das grávidas acima de 18 anos, em Porto Alegre, podem ser vacinadas pessoas com deficiência cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) a partir de 40 anos, pessoas com Síndrome de Down, idosos com 60 anos ou mais, profissionais de saúde, trabalhadores de apoio aos serviços de saúde acima de 18 anos que ainda não receberam a primeira dose da vacina e pessoas com HIV/Aids.

O atendimento ocorre em 33 unidades de saúde, na tenda do estacionamento externo do Bourbon Country, no drive-thru da PUCRS e em 21 farmácias parceiras da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) na campanha. Pessoas com HIV podem procurar o Serviço de Assistência Especializada (SAE) do Centro de Saúde Vila dos Comerciários (rua Moab Caldas, 400, área 11, bairro Santa Tereza) ou o SAE do Centro de Saúde Santa Marta (rua Capitão Montanha, 27, 5º andar – Centro Histórico). Nas unidades de saúde e nos SAEs, o horário é das 8h às 17h.

Com relação às farmácias, são 21 lojas que atendem os públicos da campanha e estudantes de ensino superior e técnico de cursos da área da saúde cujos nomes foram enviados à Diretoria de Vigilância em Saúde/SMS em listas. O atendimento é das 9h às 17h, exceto a Panvel do Iguatemi, que abre às 10h. A tenda do Bourbon Country e o drive-thru da PUCRS aplicam as duas doses da imunização das 9h às 17h.

Dose 2 de AstraZeneca /Oxford

A administração da segunda dose para pessoas imunizadas com a vacina AstraZeneca há mais de 12 semanas pode ser feita nos seguintes locais: tenda, drive e nas unidades de saúde Santa Cecília, Santa Marta, Modelo e IAPI. No momento da vacinação, é necessário apresentar comprovante de residência em Porto Alegre e documento de identidade com foto. Pessoas com comorbidades devem apresentar ainda original e cópia de um dos seguintes documentos: laudo médico, atestado, prescrição de medicamento ou exame.

Pessoas com as seguintes comorbidades podem se vacinar:

– Diabetes
– Pneumopatias crônicas graves (ex.: asma)
– Hipertensão arterial
– Doenças cardiovasculares (ex.: insuficiência cardíaca, hipertensão pulmonar, síndromes coronarianas, arritmias cardíacas, cardiopatias congênitas, dispositivos cardíacos implantados)
– Doença cerebrovascular (ex.: AVC)
– Doença renal crônica
– Imunossuprimidos (ex.: transplantados, pessoas com HIV, pacientes oncológicos)
– Hemoglobinopatias graves
– Obesidade mórbida
– Cirrose Hepática

Locais para tomar a 1ª dose:

Onde: 33 unidades de saúde
Horário: das 8h às 17h
Público: pessoas com comorbidades acima de 40 anos, grávidas, puérperas até 45 dias depois do parto – ambas acima dos 18 anos – pessoas com deficiência cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) a partir de 40 anos, pessoas com Síndrome de Down, idosos com 60 anos ou mais, profissionais de saúde, trabalhadores de apoio aos serviços de saúde acima de 18 anos que ainda não receberam a primeira dose da vacina e pessoas vivendo com HIV/Aids

Onde: Serviço de Assistência Especializada (SAE) do Centro de Saúde Vila dos Comerciários (rua Moab Caldas, 400, área 11, bairro Santa Tereza) ou o SAE do Centro de Saúde Santa Marta (rua Capitão Montanha, 27, 5º andar – Centro Histórico).
Horário: das 8h às 17h
Público: Pessoas com HIV

Onde: 21 farmácias parceiras
Horário: das 9h às 17h (exceto a Panvel do Iguatemi, que abre às 10h)
Público: públicos da campanha e estudantes de ensino superior e técnico de cursos da área da saúde cujos nomes foram enviados à Diretoria de Vigilância em Saúde/SMS em listas.

Onde: tenda do estacionamento externo do Bourbon Country e drive-thru da PUCRS
Horário: das 9h às 17h
Público: pessoas com comorbidades acima de 40 anos, grávidas, puérperas até 45 dias depois do parto – ambas acima dos 18 anos – pessoas com deficiência cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) a partir de 40 anos, pessoas com Síndrome de Down, idosos com 60 anos ou mais, profissionais de saúde, trabalhadores de apoio aos serviços de saúde acima de 18 anos que ainda não receberam a primeira dose da vacina e pessoas vivendo com HIV/Aids

Locais para tomar a 2ª dose Astrazeneca/Oxford:

Onde: tenda do estacionamento externo do Bourbon Country, drive-thru da PUC e nas unidades de saúde Santa Cecília, Santa Marta, Modelo e IAPI.
Horário: das 8h às 17h, nas unidades de saúde, das 9h às 17h, na tenda e no drive-thru
Público: pessoas imunizadas há mais de 12 semanas

 

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895