Após tempo abafado, vendaval e chuva atingem Porto Alegre

Após tempo abafado, vendaval e chuva atingem Porto Alegre

Em questão de poucos minutos, dia virou noite por volta das 16h30 desta quinta-feira

Correio do Povo

Forte ventania prejudicou pedestres que buscaram se refugiar da chuva

publicidade

Após uma tarde abafada de calor, com temperatura de 32 graus, o céu de Porto Alegre escureceu em questão de poucos minutos. Por volta das 16h30 desta quinta-feira, a Capital escureceu registrando ventos intensos seguido de chuva. Mais cedo, a Defesa Civil alertou sobre a possibilidade de chuva forte, queda de granizo e rajadas de ventos de até 70 km/h para hoje. O alerta é válido para boa parte do Estado. 

De acordo com a MetSul Meteorologia, o temporal ingressou no Estado pela região Norte. A Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC) reportou uma série de semáforos fora de operação em razão do temporal. Ela ainda alertou os motoristas para cuidado redobrado nas ruas. 

As fortes rajadas de vento também provocaram queda de galhos de árvores na Praça da Alfândega e envergaram placas de sinalização. Além disso, o vendaval fez tremer as coberturas das paradas de ônibus e lotações no Centro Histórico de Porto Alegre. 

Pessoas que caminhavam pelas calçadas da rua Caldas Júnior, na direção da avenida Mauá, quase foram arrastadas pela ventania. Uma mulher, que buscou refúgio sob uma parada de ônibus, foi atingida por galhos, mas por sorte, não sofreu ferimentos de maior gravidade.

A previsão é de que, neste sexta-feira, o sistema de baixa pressão avance em direção ao oceano, dando origem a um ciclone extratropical, que continuará provocando chuvas no Estado. A previsão é de acumulados significativos de precipitação em um curto intervalo de tempo.

A Defesa Civil e a Comissão Permanente de Atuação em Emergência (Copae), integrada pelos órgãos municipais, estão em alerta acompanhando as atualizações da previsão do tempo, com equipes prontas para atendimento à população. Em caso de dúvidas e emergências, ligue para a Defesa Civil (telefone 199) ou Corpo de Bombeiros (193).

Falta de energia interrompe parcialmente circulação de trens

A falta de energia elétrica na subestação de Sapucaia do Sul, na região Metropolitana de Porto Alegre, prejudicou a circulação de trens nesta quinta-feira. Por volta das 17h, transporte circulava apenas entre as estações Mercado e Sapucaia, deixando de atender pelo menos metade das paradas. 

De acordo com a Trensurb, a Metroplan foi acionada para ampliar serviço de ônibus entre Sapucaia do Sul e Novo Hamburgo. Às 17h, não havia previsão para a normalização do serviço.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895