Artesã abriga cães e gatos herdados da mãe

Artesã abriga cães e gatos herdados da mãe

Quase 50 animais vivem aos cuidados de Luciana, que busca doações para manter casa

Jézica Bruno

Quase 50 animais vivem aos cuidados de Luciana, que busca doações para manter casa

publicidade

Com orelhas ao alto, olhos brilhantes, focinhos molhados e rabos em estado de alerta, 29 cachorros fazem a recepção a quem chega à residência da artesã Luciana dos Santos Hüsemann, de 45 anos, no bairro Jardim São Pedro, na Capital. Acomodados em um terreno de 10x30, com pátio e uma moradia ao fundo, os animais são o único elo que resta entre Luciana e a sua mãe Josefina Teresinha dos Santos Hüsemann, falecida aos 77 anos, em abril do ano passado. Porém, para que eles possam receber os cuidados necessários, a artesã busca doações.

Luciana dedica boa parte do tempo para cuidar dos cachorros e 14 gatos que sua mãe acolheu ao longo da vida. Além disso, também trata de passarinhos e pombas, que são alimentados no local. Josefina começou a abrigar os animais abandonados em 1969. Depois disso, muitos foram deixados na porta da sua moradia, na rua Ricalde Marques, e foram incorporados à família. “Eles eram a vida dela e agora são a minha. Não vou me desfazer de nenhum, mas peço que quem conseguir, ajude com doações”, afirmou Luciana.

São necessários cerca de 20 quilos de ração a cada semana para alimentar os cães, que ainda precisam de casinhas para se protegerem da chuva. Alguns carecem de remédios, devido à idade, que varia de 1,5 a 16 anos.

Curiosos a qualquer movimento, os animais, bem cuidados, descansam em boa parte do tempo sob casas improvisadas à espera de uma nova visita. Quem desejar ajudar pode fazer contato pelo telefone (51) 3361-3624.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895