Associação gaúcha de supermercados afirma que irá apoiar e respeitar "restrição noturna"

Associação gaúcha de supermercados afirma que irá apoiar e respeitar "restrição noturna"

Estabelecimentos poderão funcionar até 20h a partir desta terça-feira

Gabriel Guedes

publicidade

O setor de supermercados não ficou excluído do roll de estabelecimentos que tiveram os horários de funcionamento reduzido. Decreto do governo do Estado, publicado nesta terça-feira e que permanecerá em vigor até a próxima terça-feira, pelo menos, permite que apenas algumas atividades das essenciais sigam em funcionamento entre as 20 horas e 5 horas. Os supermercados, de fora desta permissão, precisam encerrar o funcionamento uma ou até duas horas antes do que costumavam fechar. Mas a Associação Gaúcha de Supermercados (Agas) diz confiar na determinação e que acataram a medida sem qualquer contestação.

O presidente, Antônio Cesa Longo, informa que o setor de supermercados acatará toda e qualquer medida implementada pelo Governo do Estado no sentido de minimizar os impactos da pandemia, além de apoiar e respeitar a gestão compartilhada com os prefeitos. "Entendemos que o momento não é de questionamentos, mas sim de confiarmos nas autoridades e aplicarmos as medidas sugeridas", afirmou.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895