Bancários e municipários aderem à Greve Geral
capa

Bancários e municipários aderem à Greve Geral

Categorias decidiram nesta quinta-feira aderir ao movimento

Por
Correio do Povo

Categorias decidiram nesta quinta-feira aderir ao movimento

publicidade

Mais duas categorias decidiram nesta quinta-feira participar da Greve Geral convocada para o dia 14 de junho por centrais sindicais. A decisão foi tomada de forma unânime nas assembleias das categorias, realizadas em Porto Alegre.

Os municipários garantem que serviços urgência, emergência e essenciais terão um número mínimo de servidores trabalhando no dia para atender a população. Nos próximos dias prefeitura será comunicada da decisão e a categoria será convocada para participar das manifestações. Porém, o Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) diz que não tem atividades programadas e que seguirá as decisões de centrais sindicais e movimentos sociais. 

Já por parte dos bancários uma nova reunião está agendada para o dia 13 de junho na qual será definida como será a participação na Greve Geral. Nos próximos dias o Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região (SindBancários) irá comunicar as instituições financeiras, tanto públicas quanto privadas. Dessa forma eles esperam evitar qualquer punição a quem aderir ao movimento. 

A Greve Geral é um protesto contra a reforma da previdência proposta pelo governo do presidente Jair Bolsonaro, e na região metropolitana já conta com a adesão dos metroviários. Entre as críticas ao texto enviado à Câmara dos Deputados está o aumento nas idades mínimas para aposentadoria, além da previsão de mudança no sistema que passaria de solidariedade para capitalização.