Banco de Alimentos inicia distribuição de 30 toneladas de alimentos arrecadados em campanha

Banco de Alimentos inicia distribuição de 30 toneladas de alimentos arrecadados em campanha

Equipe de voluntários será responsável pela distribuição das 2 mil cestas básicas a famílias de baixa renda

Felipe Samuel

De acordo com Ximenes, a arrecadação teve início no dia 30 de março, ou seja, as 30 toneladas foram recolhidas em três semanas

publicidade

O Banco de Alimentos deu largada para entrega das 30 toneladas de alimentos arrecadados junto à população nos drive-thrus de vacinação da Covid-19. As entidades beneficiadas com a campanha já receberam uma parte dos alimentos, que serão destinados a comunidades carentes. Uma equipe de voluntários será responsável pela distribuição das 2 mil cestas básicas a famílias de baixa renda. A iniciativa é uma parceria entre a prefeitura e o Banco de Alimentos.

Ao destacar as dificuldades enfrentadas por boa parte da população em meio à pandemia do novo coronavírus, o gerente de operações do Banco de Alimentos, Gilmar Ximenes da Luz explica que pelo menos 4 toneladas já foram distribuídas ainda na sexta-feira. Ele reforça o pedido para que a população evite doar alimentos vencidos, que acabam não sendo aproveitados. "Quero fazer pedido especial para que as pessoas, quando forem fazer doação, se preocupem com a dignidade de quem vai consumir o produto e não doem alimentos vencidos, até porque fazemos a triagem desses produtos, que não são aproveitados", afirma.

De acordo com Ximenes, a arrecadação teve início no dia 30 de março, ou seja, as 30 toneladas foram recolhidas em três semanas. "Essas cestas básicas vão ajudar a amenizar a fome de muitas famílias, que hoje enfrentam uma situação precária por conta da pandemia. Muitas pessoas estão com dificuldade para trabalhar, muitos são autônomos, não conseguem colocação no mercado de trabalho e passam necessidade", destaca. A primeira-dama do município, Valéria Leopoldino, participou da entrega das cestas básicas na sede do Banco de Alimentos.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895