Bebê nasce durante corrida de aplicativo em Porto Alegre

Bebê nasce durante corrida de aplicativo em Porto Alegre

Pequena Sofia veio ao mundo antes de chegar ao Hospital Conceição

Sidney de Jesus

Pequena Sofia veio ao mundo antes de chegar ao Hospital Conceição

publicidade

Entre as diversas corridas que o motorista de aplicativo Matheus Gonzatto, de 23 anos, já realizou, nenhuma foi tão inusitada e emocionante quanto a do nascimento de um bebê dentro do seu carro, ocorrida na noite desse sábado após atender um chamado de urgência do bairro Rubem Berta, em Porto Alegre. 

A passageira grávida e com dores do parto, solicitou a corrida para o Hospital Conceição, distante cerca de 14 minutos do destino. Nervoso, Matheus ligou o alerta do veículo e seguiu para o hospital, driblando o trânsito e atravessando semáforos com sinal vermelho, para tentar chegar o quanto antes no hospital.

Durante o trajeto, no entanto, a mulher, que estava acompanhada do marido, reclamava cada vez mais de dores. "Ela começou a gritar e disse: "Tá saindo". Resolvi parar o carro. Quando fui tentar ajudar e acalmá-la, notei que a bolsa tinha estrourado e ela estava em trabalho de parto. A cabeça do bebê já estava saindo. Foi um momento emocionante e indescritível ", afirmou o motorista de aplicativo. 

O condutor revelou, ainda, que não sabia o que fazer. "Após o bebê sair, dei uns tapinhas nas costas dele, que então começou a chorar e abriu os olhinhos. Não acreditei na hora. Era uma linda menina ", destacou Matheus, emocionado, que deu continuidade a viagem para o hospital, levando a pequena "Sofia", nome escolhido pelos pais, que nasceu já com uma grande história para contar.

"Hoje ganhei meu dia. Casualmente minha filha de quatro anos também se chama Sofia. É muita coincidência. Essa corrida vai ficar gravada para sempre em minha memória e lembranças. Sem dúvida foi o dia mais feliz da minha vida, depois do nascimento da minha filha", afirmou Matheus. 
 


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895