Brasil contabiliza 3.251 novos óbitos e renova recorde diário de mortes por Covid-19

Brasil contabiliza 3.251 novos óbitos e renova recorde diário de mortes por Covid-19

Pela primeira vez, desde o início da pandemia, o país ultrapassa a marca de 3 mil mortos pela doença em 24 horas

R7 e Correio do Povo

Pela primeira vez, desde o início da pandemia, o país ultrapassa a marca de 3 mil mortos pela doença em 24 horas

publicidade

Com 3.251 óbitos nas últimas 24 horas, o Brasil registrou, nesta terça-feira, um novo recorde do número diário de mortes por Covid-19. Pela primeira vez, desde o início da pandemia, o país ultrapassa 3 mil óbitos causados pelo coronavírus em apenas um dia. 

Com o balanço de hoje, o país passa a acumular 298.976 óbitos e 12.130.019 pessoas diagnosticadas com Covid-19. A média móvel de óbitos também registrou um novo recorde nesta segunda, chegando a 2.436. A média móvel de novos casos foi de 76.545. 

De acordo com os dados do Ministério da Saúde, apenas o Estado de São Paulo registrou 1.021 mortes pela doença nas últimas 24 horas, também alcançando um novo recorde. O número total de novos casos diagnosticados em solo paulista foi de 82.493. 

Recordes de mortes nas últimas duas semanas

• 16 de março de 2021: 2.841

• 19 de março de 2021: 2.815

• 17 de março de 2021: 2.648

• 10 de março de 2021: 2.286

• 11 de março de 2021: 2.233

• 12 de março de 2021: 2.216

RS passa de 800 mil casos 

O Rio Grande do Sul ultrapassou, nesta terça-feira, a marca de 800 mil casos de coronavírus – sendo 8,5 mil casos notificados nas últimas 24 horas. O boletim divulgado hoje pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) reportou ainda 341 novas mortes de ontem pra hoje, somando o total de 17.499 óbitos por Covid-19. O recorde diário de mortes em decorrência do vírus em solo gaúcho ocorreu no dia 16 de março, com 502 casos de vítimas fatais.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895