Brasil e Paraguai selam acordo para reforçar segurança na fronteira

Brasil e Paraguai selam acordo para reforçar segurança na fronteira

No pacote de combate ao crime organizado, ministros dos dois países também assinaram termo de cooperação entre as polícias

R7

Acordo foi firmado nesta terça-feira

publicidade

O Ministério da Justiça e Segurança Pública e o Ministério do Interior da República do Paraguai (MI) firmaram, nesta terça-feira, acordo para regularizar e reforçar a segurança na fronteira entre os dois países, entre Ponta Porã (MS) e a cidade paraguaia de Pedro Juan Caballero. 

No pacote de enfrentamento ao crime organizado, o ministro Anderson Torres e o ministro do Interior do Paraguai, Arnaldo Giuzzio, também assinaram um termo de cooperação interinstitucional entre a Polícia Federal do Brasil e a Polícia Nacional do Paraguai.

“O cenário que presenciamos hoje reflete a relevância da cooperação entre os nossos países na luta contra o crime organizado. Apenas por meio de mecanismo de apoio internacional é que poderemos lutar contra o tráfico de drogas, de armas, de pessoas, contra o contrabando e o descaminho em nossas linhas de fronteiras”, destacou Torres.

Com a adesão ao documento que prevê “Organização e Estabelecimento de Área de Segurança Bipartite na Fronteira”, representantes dos dois países vão se reunir mensalmente para trocar informações e discutir sobre as metas de ações que devem ser realizadas na fronteira em relação ao crime organizado, ao tráfico de drogas, ao tráfico de armas e de pessoas. Além disso, a iniciativa facilitará um acionamento de operação rápida entre os policiais do espaço fronteiriço.

O ministro paraguaio, Arnaldo Giuzzio, ressaltou que o acordo firmado é uma cooperação muito importante entre os dois países na luta contra o crime organizado. “Com o acordo, será possível promover um conjunto de ações para fortalecer o trabalho entre o Brasil e o Paraguai na fronteira”, frisou. Atualmente já existe um acordo de comando tripartite entre os países da Argentina, Paraguai e Brasil na região de Foz do Iguaçu.

Curso em Brasília

Os dois ministros participaram, nesta terça-feira, da cerimônia de encerramento do II Curso de Interdição ao Tráfico de Drogas Internacional, voltado a agentes especiais da Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai (Senad). O evento aconteceu na Academia Nacional de Polícia (ANP), em Brasília. Durante três semanas, foram capacitados 36 agentes paraguaios. O treinamento contou com instruções de técnicas operacionais de armamento e tiro, além de teoria à doutrina policial.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895