Brasil receberá insumos para fazer 32 milhões de doses da vacina de Oxford

Brasil receberá insumos para fazer 32 milhões de doses da vacina de Oxford

Ernesto Araújo, ministro das Relações Exteriores, disse na Câmara que carga chegará em 3 voos da China até sexta-feira

R7

Araújo esteve em comissão da Câmara hoje

publicidade

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, anunciou nesta quarta-feira na Comissão de Relações Exteriores da Câmara que o Brasil vai receber três voos, entre hoje e sexta-feira, com matéria-prima para fabricar 32 milhões de doses da vacina contra a Covid-19 de Oxford, desenvolvida pelo laboratório AstraZeneca e fabricada no Brasil pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

Veja Também


"Posso começar com um bom anúncio. A partir de hoje, amanhã e sexta-feira, em três voos diferentes e provenientes da China, chegará uma nova quantidade de IFA [matéria-prima] para a produção da vacina AstraZeneca no Brasil. Nesses três voos, serão recebidos 1.024 litros do IFA, que são suficientes para a produção de 32 milhões de doses da vacina AstraZeneca pela Fiocruz", iniciou. Araújo destacou também que a Fiocruz, a partir do segundo semestre deste ano, será autossuficiente na produção de imunizantes.
 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895