Brasil tem 57 mortes 2.433 casos confirmados de Covid-19
capa

Brasil tem 57 mortes 2.433 casos confirmados de Covid-19

Regiões Norte, Nordeste e Sul tiveram os primeiros óbitos registrados nas últimas 24 horas

Por
R7

Brasil tem mais de 2,4 mil casos de Covid-19


publicidade

O Ministério da Saúde contabilizou nas últimas 24 horas, 11 novas mortes por Covid-19 no país. O levantamento oficial da pasta foi divulgado na tarde desta quarta-feira (25). Com isso, o número de óbitos chega a 57, em cinco estados. O Brasil tem 2.433 casos confirmados de infecção por coronavírus em todas as unidades da federação.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, considerou que são "números dentro do que era esperado para este mês".

No levantamento de ontem, o ministério registrava 2.201 casos confirmados e 46 mortes por Covid-19. 

Os estados de Pernambuco, Amazonas, e Rio Grande do Sul tiveram as primeiras mortes confirmadas de ontem para hoje. 

São Paulo é o estado com maior número de casos confirmados (862) e também de mortes (48). O Rio de Janeiro tem 370 casos e seis óbitos. 

Ministro volta a manifestar preocupação com o RS

Na entrevista coletiva desta quarta-feira, o ministro Luiz Henrique Mandetta voltou a manifestar preocupação com o Rio Grande do Sul. Além da primeira morte por coronavírus registrada no Estado, na madrugada desta quarta-feira, também há a preocupação com a população idosa devido ao inverno mais rigoroso na região Sul. 

O ministro também garantiu o repasse de R$ 600 milhões aos municípios, com verba do Ministério da Saúde. Os repasses serão feitos aos 27 Estados, e a decisão sobre a distribuição também caberá a cada uma das unidades da federação.

Outra vez, o ministro Mandetta voltou a destacar a importância do isolamento social para a diminuição do contágio do coronavírus no país. Frisou que a distância deve ser observada, e que o somatório de ações nesse sentido pode ajudar a diminuir o impacto inicial do sistema de saúde, distribuindo melhor o uso dos recursos da área da saúde.

Ele explicou as ações práticas em desenvolvimento pelo Ministério da Saúde para equipar os Estados e municípios. Citou os testes já aprovados em outros países, para uso do mesmo respirador em três pacientes, além de detalhar o investimento em impressoras 3D para fabricação de componentes de ventiladores. 

Mandetta também pediu que as questões partidárias fossem deixadas de lado no combate ao coronavírus, evitando a politização do debate. “Vamos sair disso sem vencedor ou perdedor. Quando sairmos disso, vamos ver como podemos melhorar como país”, frisou.

Veja o número de casos confirmados por unidade da federação:


São Paulo: 862
Rio de Janeiro: 370
Ceará: 200
Distrito Federal: 160
Minas Gerais: 133
Santa Catarina: 109
Rio Grande do Sul: 123
Bahia: 84
Paraná: 81
Amazonas: 54
Pernambuco: 46
Espírito Santo: 39
Goiás: 29
Mato Grosso do Sul: 24
Acre: 23
Sergipe: 16
Rio Grande do Norte: 14
Alagoas: 11
Maranhão: 8
Mato Grosso: 8
Piauí: 8
Roraima: 8
Pará: 7
Tocantins: 7
Rondônia: 5
Paraíba: 3
Amapá: 1