capa

Caminhões de caçamba serão monitorados por GPS em Porto Alegre

Projeto deverá começar a ser implementado ainda nessa semana

Por
Mauren Xavier

Objetivo da medida é coibir o descarte irregular

publicidade

Porto Alegre ampliará a fiscalização dos transporte de resíduos de construção civil, conhecidos como caçambas de entulho. A expectativa da prefeitura é que ainda nessa semana entre em vigor o MTRCC (Manifesto de Transporte de Resíduos da Construção Civil) online, que prevê o monitoramento em tempo real, com o uso de GPS, dos caminhões que transportam esse tipo de material na cidade. 

O objetivo central é coibir o descarte irregular, uma vez que, atualmente, as informações são disponibilizadas de maneira manual. A partir de agora, essas informações serão digitais, permitindo a identificação do local de origem e de destino dos resíduos. Passará a ser exigido às empresas o uso do GPS (nos caminhões) e a licença ambiental. "Até o momento já foram emitidas mais de 200 licenças ambientais", detalhou o secretário municipal do Meio Ambiente, Maurício Fernandes. 

Para poder colocar o projeto em funcionamento, ocorrerá na tarde desta quarta-feira, um treinamento com os operadores das transportadoras para utiizar o sistema. O secretário destacou que a implantação do sistema está sendo realizada com a Associação dos Transportadores de Caçambas Estacionárias (ATCE). "Há muitos focos de locais que são usados, de maneira ilegal e criminosa, para colocar esses resíduos. A própria associação (dos Transportadores de Caçambas Estacionárias) quer que isso seja regrado, justamente para que os bons profissionais sejam valorizados no mercado", afirmou.