Caminhoneiro que sobreviveu a acidente em Novo Hamburgo recebe alta médica
capa

Caminhoneiro que sobreviveu a acidente em Novo Hamburgo recebe alta médica

Colisão entre caminhão e caminhonete matou três pessoas na ERS 239

Por
Stephany Sander

Acidente ocorreu no final da manhã dessa terça, em Novo Hamburgo

publicidade

O condutor do caminhão que colidiu contra um Ford EcoSport no final da manhã dessa terça-feira, em um acidente que matou três pessoas em Novo Hamburgo, recebeu alta médica nesta quarta. O homem, de 52 anos, estava em observação no Hospital Municipal da cidade. Além dele, o caroneiro da carreta, segue internado no local e aguarda transferência para Porto Alegre. Ele está estável, segundo a casa de saúde. 

Os ocupantes do veículo de carga foram os únicos sobreviventes do acidente, que matou Vera Regina Silva, 58 anos, Luis Antonio da Silva, 62, e Sabrina da Silva, 37, pais e filha, que estavam a Ford EcoSport. A colisão ocorreu na ERS 239. 

A família morava em Canela, mas estava na região visitando familiares. Ainda não há informações sobre o sepultamento da família. Silva e Sabrina eram naturais do município de Santa Maria e Vera nasceu em Campo Bom.