China afirma pela primeira vez que não registrou novos casos de coronavírus
capa

China afirma pela primeira vez que não registrou novos casos de coronavírus

Doença apareceu no final de 2019, em Wuhan

Por
AFP

China não registrou novos casos de coronavírus

publicidade

As autoridades da China informaram neste sábado (23) que não registraram novos casos de contágio por coronavírus pela primeira vez desde que o país começou a publicar dados sobre a epidemia em janeiro.

A doença apareceu no final de 2019 em Wuhan (centro), mas os casos diminuíram drasticamente desde o pico de meados de fevereiro, e o país parece ter controlado a Covid-19.

De acordo com o último balanço, a China tem quase 83.000 casos de contágio, dos quais 4.634 fatais.

A pandemia se espalhou para o resto do mundo, infectando mais de 5 milhões de pessoas, das quais quase 330.000 morreram.

"Alcançamos grande sucesso estratégico em nossa resposta à Covid-19", afirmou o primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, na sexta-feira na abertura da sessão plenária do Congresso Nacional do Povo (ANP).

Perante 3.000 deputados que usavam máscara, Li ainda destacou a "imensa tarefa" que ainda precisa ser feita.

O governo do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, acusa as autoridades chinesas de terem demorado a alertar o mundo sobre a epidemia e esconder sua escala.

Pequim negou as acusações de falta de transparência, dizendo que sempre compartilhou informações sobre a epidemia com a Organização Mundial da Saúde (OMS) e outros países.