China detecta primeiro caso humano de gripe aviária H3N8

China detecta primeiro caso humano de gripe aviária H3N8

Cepa está em circulação desde 2002, depois de ser detectada em aves aquáticas norte-americana

AFP

Além da H3N8, população ainda convive com a Covid-19

publicidade

A China confirmou o primeiro caso humano conhecido da gripe aviária H3N8, mas as autoridades afirmaram que o risco de transmissão entre pessoas é reduzido.

A cepa H3N8 está em circulação desde 2002, depois de ser detectada em aves aquáticas norte-americanas. Já infectou cavalos, cães e focas, mas não havia sido detectada em humanos.

A Comissão Nacional da Saúde (CNS) da China informou que um menino de quatro anos que mora na província central de Henan testou positivo para cepa depois de ser hospitalizado com febre e outros sintomas.

A família do paciente cria galinhas em casa e mora em uma área com a presença de patos silvestres, afirmou a CNS em um comunicado. A criança foi infectada diretamente pelas aves e não foi determinado que a cepa tenha capacidade de infectar humanos, segundo a comissão.

Veja Também

Os exames nos contatos humanos próximos da criança não detectaram "anomalias", acrescentaram as autoridades. A CNS afirmou que o caso do menino foi uma "transmissão única entre espécies e o risco de transmissão em larga escala é pequeno".

Mas advertiu os cidadãos que permaneçam longe de aves mortas ou doentes e procurem tratamento imediato em casos de febre ou sintomas respiratórios. A gripe aviária ocorre em particular em aves selvagens e domésticas, mas os casos de transmissão entre humanos são extremamente raros.

As cepas H5N1 e H7N9 da gripe aviária detectadas em 1979 e 2013 foram responsáveis pela maioria dos casos de doenças humanas por gripe aviária, de acordo com o Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos. Em 2012, a cepa H3N8 foi considerada responsável pelas mortes de mais de 160 focas na costa nordeste dos Estados Unidos, depois de provocar pneumonia nos animais.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895