Chuva causa transtornos e deixa pontos isolados de alagamento em Porto Alegre

Chuva causa transtornos e deixa pontos isolados de alagamento em Porto Alegre

A força do vento derrubou uma árvore na rua Fabricio Pilar, na Auxiliadora

Felipe Samuel

Árvore atingiu cabos de energia elétrica, deixou residências às escuras e interrompeu trânsito na via

publicidade

A chuva que atingiu Porto Alegre desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira provocou transtornos no trânsito, com pelo menos oito acidentes registrados pela Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC) até o meio-dia. Por volta das 14h, a força do vento derrubou uma árvore na rua Fabricio Pilar, na Auxiliadora, que atingiu cabos de energia elétrica e deixou residências às escuras. O trânsito ficou interrompido na via. 

A energia elétrica foi restabelecida na região antes das 16h. Houve pontos isolados de alagamento, como na rua Voluntários da Pátria, no Navegantes, e na Sertório, no São João.  De acordo com a Defesa Civil municipal, até às 15 horas, choveu 16,4 mm. A média do mês de junho é de 141,3 mm. Até o início da noite, nenhum ocorrência grave tinha sido registrada. Com previsão de chuva para sábado, equipes da Defesa Civil seguem monitorando a situação. 

Pela manhã, semáforos do cruzamento das avenidas Cavalhada e Otto Niemeyer, na zona Sul, ficaram inoperantes e provocaram lentidão no trânsito. Equipes da Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC) orientaram o trânsito na região. No bairro Petrópolis, o semáforo do cruzamento das avenidas Montenegro e Protásio Alves também ficou desligado. Semáforos também ficaram inoperantes na avenida Bento Gonçalves. 

Conforme a Metsul Meteorologia, a chuva segue em Porto Alegre neste sábado com tendência de pancadas moderadas a fortes e ocasionalmente torrenciais, com chance de raios trovoadas.


Mais Lidas

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895