Chuva deixa 800 desabrigados e escola destelhada no RS
capa

Chuva deixa 800 desabrigados e escola destelhada no RS

Arroio Grande é a cidade mais prejudicada com 120 residências afetadas

Por
Correio do Povo

Arroio Grande é a cidade mais prejudicada com 120 residências afetadas

publicidade

Pelo menos 800 pessoas foram afetadas pela chuva desde a última semana no Rio Grande do Sul. A cidade mais prejudicada foi Arroio Grande, na região Sul do Estado, com 120 residências afetadas — o total de 480 pessoas desabrigadas — pela água e pelo vento. Apesar da Prefeitura ter decretado Situação de Emergência, o pedido ainda não foi reconhecido pelo governo estadual. Os dados fazem parte do boletim divulgado pela Defesa Civil na manhã deste domingo.

A cidade de Arroio Grande recebe ajuda humanitária desde o dia 02 de outubro, quarta-feira, quando registrou os primeiros moradores desalojados e casas afetadas. No momento, a cidade possui 13 pessoas que estão sendo atendidas com doações de roupas, alimentos, produtos de higiene e cobertores.  

A segunda cidade mais prejudicada pelo vendaval é Soledade, na região do Alto da Serra do Botucaraí, que, segundo a Defesa Civil, teve 60 residências, uma escola e um ginásio afetados. Equipes da Prefeitura e o Corpo de Bombeiros local realizaram a entrega de lonas. Os moradores de Colinas (01 residência afetada), São Borja (03 residências atingidas), Pedras Altas (10 residências afetadas e 80 postes caídos) e Iraí (02 residências e um CTG afetados) também sentiram o estrago causado por vendavais e granizos.