Chuva deixa mais de 3 mil pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul

Chuva deixa mais de 3 mil pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul

São Sebastião do Caí tem 1,7 mil desalojados, segundo boletim da Defesa Civil

Correio do Povo

Segundo a prefeitura de São Sebastião, o Rio Caí já atingiu 14,12 metros

publicidade

Aumentou de 492 para 3.020 o número de pessoas que estão fora de casa, em decorrência da chuva dessa terça-feira no Rio Grande do Sul. Segundo o boletim mais recente da Defesa Civil, divulgado no fim da tarde desta quarta-feira, o número de desalojados é de 2.239 e 780 estão desabrigados. 

São Sebastião do Caí tem a situação mais crítica, onde 1,7 mil pessoas estão desalojadas e 127 desabrigados. Na cidade, as residências foram danificadas e 38 famílias atingidas foram encaminhadas para dois abrigos municipais. Os desalojados encontram-se em casas de vizinhos e familiares.

Segundo a prefeitura de São Sebastião, o rio Caí já atingiu 14,12 metros e deve subir mais pelo menos até a noite desta quarta-feira.

Rio Caí interrompeu o acesso às pontes da ERS 124 pela Rua Sete de Setembro e também invadiu a pista da estrada na...

Publicado por Prefeitura de São Sebastião do Caí em Quarta-feira, 8 de julho de 2020

De acordo com a Defesa Civil, outras cidades gaúchas registraram estragos provocados pelo mau tempo no Estado, como deslizamento, inundações, enxurradas e chuvas intensas. 

São elas: Caxias do Sul, Lajeado, Ijuí, Santa Tereza, São Sebastião do Caí, Maquiné, Estrela, Candelária, Espumoso, Rolante, Cidreira, Bom Jesus, Pedras Altas, Colinas, Muçum, Encantado e Arroio do Meio. 

Nenhuma cidade decretou situação de emergência. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895