Cidade Baixa, em Porto Alegre, recebe intervenções

Cidade Baixa, em Porto Alegre, recebe intervenções

O prefeito de Porto Alegre percorreu trecho que recebeu os investimentos

Correio do Povo

Os vasos foram doados pela Suzuki Recicladora

publicidade

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, junto a secretários e empresários percorreu um trecho da rua da República, na Cidade Baixa no fim da tarde desta quinta-feira. No passeio, o prefeito conheceu algumas intervenções realizadas tanto na rua da República, quanto na rua João Alfredo.

As intervenções foram realizadas por meio de parcerias com empresas privadas, em contrapartida por empreendimentos. A construtora Melnick é a responsável por algumas das intervenções, como o plantio de 3 mil mudas de flores e vegetação, pintura e revitalização em quinze canteiros da rua da República, além da pintura em certas fachadas das edificações que estavam pichadas.

Na João Alfredo, foram colocados os mesmos vasos feitos de sacolas plásticas recicladas que foram alocados no centro da cidade. Palmeiras, jabuticaba, plátanos, cerejeira japonesa, canelas agora enfeitam dois bairros de Porto Alegre. A doação foi realizada pela Suzuki Recicladora, de Dois Irmãos, por meio da Braskem. “Não basta botar a floreira se não tiver cuidado”, comentou Melo. “Os comerciantes e moradores têm que cuidar e regar as plantas. No Mercado Público, as árvores foram adotadas. A comunidade tem que se envolver, não há cidade boa só cuidada pelo poder público.”

“A Cidade Baixa vinha em um processo de degradação e com esse empreendimento há a recuperação de uma série de intervenções aqui no entorno”, opinou o secretário do Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade (Smamus), Germano Bremm. Também na rua João Alfredo, houve a recuperação da rotatória. O espaço recebeu vegetação, e também foi ampliada a sinalização de trânsito para quem anda a pé e de bicicleta. Ainda na rua da República, quinze postes de luminárias foram revitalizados, com o conserto das cúpulas quebradas, limpeza e pintura, e o mesmo foi feito com lixeiras e foram instalados dois parklets para espaço de uso público. Também foram abertas novas operações gastronômicas na República, no terreno adquirido pela construtora, incluindo a “Alameda GO Cidade Baixa”.

As ações fazem parte do conjunto de ações da Melnick que está em tratativas com a Smamus para a formatação do Termo de Conversão em Área Pública (TCAP) com a utilização do recurso de R$1.973.000,00 em contrapartida pelo empreendimento lançado no bairro, e também fazem parte do projeto de mobilidade com conceito de ‘Ruas Completas’, coordenado pela Smamus, que será implementado ao longo da João Alfredo, a partir do segundo semestre deste ano.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895