Clínica veterinária para famílias de baixa renda quer ampliar atendimentos em Porto Alegre

Clínica veterinária para famílias de baixa renda quer ampliar atendimentos em Porto Alegre

Espaço no bairro Cavalhada oferece atendimento clínico especializado e de emergência para cães e gatos

Brenda Fernández

Espaço no bairro Cavalhada oferece atendimento clínico especializado e de emergência para cães e gatos

publicidade

Inaugurada em julho, a Clínica Veterinária IMPA Vet Center – Instituto Majúna de Proteção Animal – está de portas abertas para atender animais resgatados das ruas e de tutela de famílias de baixa renda. O espaço é fruto de uma rede de protetores da causa animal e profissionais da veterinária e outras áreas que buscam cobrir uma demanda, identificada por eles, de castração e atendimento clínico especializado para cães e gatos de rua ou de pessoas com poucas condições financeiras. Desta forma, a clínica oferece atendimento pago, mas de baixo custo.

Grande parte do investimento para a montagem e a compra dos equipamentos da IMPA Vet Center foi viabilizada a partir de doações e ajuda voluntária. O projeto da clínica, iniciado em janeiro de 2020, foi concretizado em 27 de julho, com o início dos atendimentos. Na dianteira do projeto, a protetora Raquel Majúna (quem dá nome ao estabelecimento) contou que logo nos primeiros dias a equipe de profissionais atendeu três animais resgatados.  

Foto: IMPA Vet Center / Divulgação / CP

Para além da emergência, a clínica teve grande procura por vacinação para cães e gatos. Apesar da pandemia ter prejudicado o fluxo de atendimentos, Majúna é otimista. “O movimento está abaixo do esperado, mas não terrivelmente abaixo. Nós temos campo de trabalho”, afirmou. Para conquistar esse espaço, a empreendedora iniciou a distribuição de material com informações em alguns bairros estratégicos da cidade.

Também por conta da pandemia, a realização de castrações foi atrasada. Isso porque um dos equipamentos cirúrgicos necessários para o procedimento foi encomendado de São Paulo. A clínica ainda precisará esperar até o final do mês para iniciar o atendimento.  

O limite de atendimentos diários de castração ainda não é o que Majúna calcula como ideal. Para dar conta de operar mais animais por um valor acessível, a IMPA Vet Center precisará ampliar o número de gaiolas usadas no pós-operatório. O protocolo é do Conselho Regional de Medicina Veterinária. Para isso, a equipe da clínica veterinária busca mais uma vez contar com a ajuda de voluntários, para doações do suporte de acolhimento ou ajuda em dinheiro.

Atualmente, há apenas uma política pública na Capital para castração gratuita de animais. Ele é elaborado pela Secretaria Especial de Direitos Animais (Seda), que em 2019 realizou a castração gratuita de 3.856 animais de estimação da Capital. A proposta da Seda, no entanto, beneficia apenas tutores inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais, como Bolsa Família ou o Número de Identidade Social (NIS).

A IMPA Vet Center está aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h. O telefone para consultas e doações é 3028-2631. Em caso de emergência, não precisa de agendamento antecipado.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895