Com 50 novos óbitos, Rio Grande do Sul chega a 4,3 mil mortes por Covid-19

Com 50 novos óbitos, Rio Grande do Sul chega a 4,3 mil mortes por Covid-19

Secretaria Estadual de Saúde reavaliou quatro óbitos a partir dos novos critérios determinados pelo Ministério da Saúde

Correio do Povo

Rio Grande do Sul chegou, nesta sexta-feira, na marca de 4,3 mil mortes por Covid-19

publicidade

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou, nesta sexta-feira, 50 novas mortes associadas à Covid-19 no Rio Grande do Sul. Com os dados, o território gaúcho soma o total de 4.318 vidas perdidas em decorrência do novo coronavírus desde o início da pandemia. 

Segundo a Secretaria, quatro óbitos ocorreram entre abril e junho, e são reavaliações feitas a partir de tomografias de pulmão dessas vítimas, critério hoje previsto pelo Ministério da Saúde e que não havia na época. Essa análise também está sendo realizada por outros estados para verificar óbitos que antes estavam sem causa identificada. Até o momento, já foram 15 mortes analisadas, das quais cinco foram associadas ao coronavírus, cinco descartadas e outras cinco seguem em investigação.

Além desses quatro óbitos reavaliados, outros cinco ocorreram em agosto, mas as fichas só foram completadas recentemente. Os demais são de datas entre os dias 8 e 17 de setembro.

A pasta ainda registrou hoje 3.123 novos infectados e o Estado contabiliza 170.749 casos confirmados de Covid-19. O índice de recuperados no território gaúcho está em 92%, com 156.265 pessoas. Outros 10.166 são considerados casos em acompanhamento. Até esta sexta-feira, o coronavírus já se espalhou por 490 dos 497 municípios gaúchos. 

Porto Alegre contabiliza 908 vítimas pela Covid-19 nesta sexta e é a cidade gaúcha com o maior número de mortos pela doença, seguido por Caxias do Sul (117) e Passo Fundo (151). Nas últimas 24 horas, a SES registrou sete novos óbitos na Capital. 

Óbitos reportados pela Covid-19

Alvorada (mulher, 41 anos)
Arvorezinha (homem, 70 anos)
Bento Gonçalves (homem, 67 anos)
Canguçu (homem, 89 anos)
Canoas (homem, 88 anos)
Canoas (homem, 80 anos)
Capão do Leão (mulher, 25 anos)
Capão do Leão (homem, 70 anos)
Caseiros (homem, 76 anos)
Farroupilha (mulher, 64 anos)
Gramado (mulher, 79 anos)
Gramado (homem, 75 anos)
Ibiraiaras (mulher, 88 anos)
Lajeado (homem, 48 anos)
Lajeado (homem, 61 anos)
Nova Palma (mulher, 55 anos)
Novo Hamburgo (mulher, 84 anos)
Novo Hamburgo (mulher, 43 anos)
Osório (homem, 90 anos)
Passa Sete (homem, 76 anos)
Passo Fundo (mulher, 69 anos)
Pelotas (mulher, 74 anos)
Pelotas (homem, 83 anos)
Pelotas (mulher, 55 anos)
Pelotas (homem, 68 anos)
Pelotas (mulher, 73 anos)
Pelotas (homem, 74 anos)
Pelotas (homem, 84 anos)
Pelotas (mulher, 67 anos)
Pelotas (mulher, 66 anos)
Pelotas (mulher, 89 anos)
Porto Alegre (homem, 71 anos)
Porto Alegre (homem, 87 anos)
Porto Alegre (homem, 76 anos)
Porto Alegre (homem, 77 anos)
Porto Alegre (mulher, 75 anos)
Porto Alegre (mulher, 73 anos)
Porto Alegre (mulher, 39 anos)
Rio Grande (homem, 58 anos)
Santa Bárbara do Sul (mulher, 52 anos)
Santa Maria (mulher, 79 anos)
Santa Maria (homem, 62 anos)
São Borja (homem, 76 anos)
São Marcos (homem, 64 anos)
Travesseiro (homem, 69 anos)
Três Passos (homem, 89 anos)
Três Passos (mulher, 93 anos)
Três Passos  (homem, 78 anos)
Venâncio Aires (mulher, 79 anos)
Viamão (homem, 64 anos)


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895