Com mais três mortes confirmadas, sobe para 30 o número de óbitos no Hospital Conceição

Com mais três mortes confirmadas, sobe para 30 o número de óbitos no Hospital Conceição

Casos estão relacionados ao surto de Covid-19 que a instituição de Porto Alegre vem enfrentando

Arthur Ruschel

Número de infectados pelo surto chega a 171

publicidade

Em atualização divulgada nesta sexta-feira, o Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Porto Alegre, confirmou mais três mortes relacionadas ao surto de Covid-19. Com isso, subiu para 30 o número de óbitos entre pacientes. A instituição aguarda os resultados dos exames enviados à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para ligar os casos à variante Delta.

Veja Também

A primeira paciente é uma mulher, de 86 anos, residente de Charqueadas, que tomou as doses da vacina. Ela internou no dia 28 de julho, com acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico. A idosa recebeu o diagnóstico de coronavírus em 9 de agosto, apresentando episódio súbito de desconforto seguido de vômito, e hipotensão. O óbito ocorreu no dia 31.

O segundo caso trata-se de uma mulher, de 67 anos, residente de Morrinhos do Sul, que também recebeu as duas doses da vacina. Ela foi internada no dia 12 de julho, com doença arterial oclusiva periférica – quadro que afeta as artérias – com úlcera de membro inferior de difícil cicatrização e suspeita de trombose. Portadora de doença renal crônica, a paciente foi diagnosticada com Covid-19 em 2 de agosto e, devido ao agravamento do quadro, foi transferida para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O óbito foi confirmado na quarta-feira.

O último caso reportado pela instituição também foi de uma mulher, de 74 anos, residente de Porto Alegre, com duas doses da vacina. Ela foi internada em 23 de julho devido a complicações de câncer. A idosa recebeu alta em 3 de agosto, mas retornou ao Hospital seis dias depois – já com o teste positivo para coronavírus. Novamente, a moradora da Capital recebeu alta com acompanhamento do Programa de Atendimento Domiciliar (PAD) para cuidado paliativo oncológico. A família optou por óbito domiciliar, que ocorreu nessa quinta-feira.

Mais de 170 infectados 

Conforme a última atualização, um total de 171 pessoas foram afetadas pelo surto – 97 são pacientes e 74 são profissionais do Hospital. O Conceição ainda possui duas áreas com surto ativo e sete pacientes seguem internados em UTIs.

Entre os profissionais da casa de saúde, nenhum óbito foi confirmado. Ao todo, 14 auxiliares/técnicos de higienização foram afetados, assim como 25 auxiliares/técnicos de enfermagem, nove nutricionistas, 11 médicos, cinco estagiários, sete fisioterapeutas e três enfermeiros.

Variante Delta foi a responsável pelo surto

Na manhã de quarta-feira, a instituição divulgou mais três novos casos da variante Delta, subindo para cinco o total de infecções envolvendo a variante indiana. O Hospital ainda aguarda a confirmação de mais 12 resultados enviados para a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Rio de Janeiro. 

Conforme a casa de saúde, dos cinco casos confirmados da variante, três foram vacinados com as duas doses, um com apenas uma dose e outro ainda não tinha realizado a vacinação. Eles eram moradores de Porto Alegre, Viamão e Guaíba. Dois desses casos, diz o Conceição, evoluíram para óbito e os outros três já receberam alta.

Apesar do aumento dos dados, ainda no dia 24, a casa de saúde afirmou que o surto estava controlado. A responsável técnica pelo Núcleo Hospitalar de Epidemiologia da Instituição, a médica epidemiologista Ivana Varella, explicou que devido à redução significativa do número de casos, o Hospital segue com esse posicionamento. “O encerramento do surto só ocorre 14 dias após o registro do último caso novo. Então o surto está sob controle, pois são poucos casos novos de contaminação”, afirmou.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895