Com parceria da dupla Gre-Nal, pilares do viaduto da Conceição receberão grafites

Com parceria da dupla Gre-Nal, pilares do viaduto da Conceição receberão grafites

Pintura faz parte do plano de revitalização do local pela prefeitura de Porto Alegre

Henrique Massaro

Pintura faz parte do plano de revitalização do local pela prefeitura de Porto Alegre

publicidade

Porta de entrada do Centro Histórico de Porto Alegre, a elevada da Conceição começará a receber, nesta quarta-feira, um dos últimos passos para seu processo de revitalização. Através de uma parceria com a Prefeitura, Grêmio e Internacional darão início à pintura de três, num total de seis faces, dos 20 pilares dos viadutos com grafites institucionais dos clubes, que depois ainda receberão verniz antipichação. O projeto faz parte de uma proposta de embelezamento da região central e receberá vistoria final do prefeito Sebastião Melo no dia 2 de junho.

“Por mais que seja uma cidade bem ‘grenalizada’, a gente entende que botando um time de cada lado o amor a camiseta também vai ajudar que não haja vandalismo”, explica o diretor de contratualizações da Secretaria de Parcerias, Pedro Meneguzzi.

De acordo com ele, a arte que Grêmio e Inter apresentarão ainda é tratada como surpresa para a população. A parceria com a iniciativa privada vai além dos clubes de futebol e contempla todo o entorno da elevada. A Tumelero adotou o canteiro central e a Cootravipa se responsabilizou pela área verde em frente a Rodoviária.

A ideia é que após a revitalização o viaduto não passe por um novo processo de abandono. Para manter a circulação de pessoas no local, a Prefeitura negocia para que food trucks se instalem em frente a Tumelero daqui cerca de 30 dias.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Gastronomia Itinerante, Neno Gutteres, inicialmente será feito um rodízio de dois veículos por semana e, mais tarde, novos pontos também devem ser ocupados. “Faz um ano que estamos parados, então essa é uma situação muito benéfica”, explica. Ainda segundo ele, a pandemia provocou uma redução de cerca de 80% dos food trucks na Capital e o ponto é considerado estratégico para as modalidades delivery e take away.

O embelezamento é consequência de uma recuperação estrutural do viaduto. De acordo com o secretário de Serviços Urbanos, Marcos Felipi Garcia, já foi feito todo um processo de manutenção e pintura. A calçada foi recuperada e novos guardrails e quatro canteiros redondos foram instalados, com mudas do canteiro municipal e um pequeno jardim embaixo da elevada.

Uma nova iluminação pública também foi garantida através de parceria público-privada coma empresa IPSul. Resta apenas a pintura da sinalização em amarelo do local de passagem de veículos. Ainda conforme o titular da pasta, todo o processo vai custar à Prefeitura cerca de R$ 850 mil e o plano é que, logo após a conclusão, projeto semelhante seja executado na passarela da Rodoviária, que, no entanto, deverá ter um custo de menos da metade deste valor.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895