Com revitalização, Cais Mauá terá dez áreas de lazer

Com revitalização, Cais Mauá terá dez áreas de lazer

Obra foi autorizada pela prefeitura de Porto Alegre nesta terça-feira

Mauren Xavier

Obra deve começar pela revitalização dos armazéns

publicidade

Às 11h45min da manhã desta terça, os representantes da empresa Cais Mauá do Brasil receberam a Licença de Instalação (LI) para darem início a efetivamente do projeto de revitalização da região do Cais Mauá, no Centro de Porto Alegre. O trecho de mais de 3,2 quilômetros de Orla, entre a Rodoviária de Porto Alegre e seguindo até a Usina do Gasômetro, foi dividido em três etapas. A primeira compreende aos armazéns, a segunda das docas, e a terceira do Gasômetro.

No que se refere aos armazéns a mudança deverá ser considerável tanto visualmente do lado de fora como estruturalmente na parte interna. Atualmente, os locais estão com pouca manutenção, em muitos casos com infiltrações, como foi possível verificar hoje. A presença de vidros quebrados, mofos nas paredes e presenças de pombas no telhado também chamaram a atenção.


Foto: Guilherme Almeida

Segundo o projeto apresentado pelo Cais Maua do Brasil, dos 11 armazéns, que são tombados pelo patrimônio histórico, logo não podem ter as fachadas alteradas, alguns já têm destinação certa. O A6, por exemplo, deverá abrigar eventos, como casamentos ou convenções; entre o A5 e o A1, receberá serviços de gastronomia e lojas; já o pórtico central e os armazéns A e B serão reservados à cultura, lazer e arte popular. Os demais contarão com lojas. Os quatro guindastes portuários também serão restaurados e receberão iluminação própria. Um antigo prédio que fica entre os armazéns também passará por melhorias.

Na região das docas, que fica próximo à Rodoviária, estão previstos edifícios comerciais e a recuperação da praça Edgar Schneider, e no antigo frigorífico do porto será instalado um centro de convenções. Na outra ponta, nas proximidades da Usina do Gasômetro, será instalada uma rede de oportunidade de lazer e entretenimento, como, por exemplo, um centro comercial, conectando o Cais Mauá à Orla do Guaíba.

Ao todo, o complexo terá mais de 180 mil metros quadrados. Além da revitalização, o empreendedor deverá ainda disponibilizar 10 áreas de lazer para utilização da população. Nas áreas ao ar livre deverão ser instalada academia ao ar livre, bicicletário, chimarródromos, áreas verdes, parque infantil e quiosques, além de fonte e chafariz. Além disso, haverá a possibilidade de incrementar a região com outras opções de eventos, como pista de skate para competição, circuito de bicicross, motocross, lançamento de veículos e embarcações, circos e parques, entre outros.

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895