Comitê pressiona por duplicação da ERS 040, no Litoral Norte

Comitê pressiona por duplicação da ERS 040, no Litoral Norte

Prefeitos, vereadores e empresários levaram mais de 100 mil assinaturas a reunião da Assembleia

Luciamem Winck / Correio do Povo

Comitê pressiona por duplicação da ERS 040, no Litoral Norte

publicidade

Prefeitos, vereadores, lideranças comunitárias, empresários e comerciantes defenderam, nesta terça-feira, durante a reunião ordinária da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa, a necessidade de duplicação de um trecho de 60 quilômetros da ERS 040. Mais de 100 mil assinaturas de moradores e veranistas do Litoral Norte se somaram à reivindicação. São mais de duas décadas de mobilizações na tentativa de assegurar que a capacidade de tráfego da rodovia seja ampliada. “A duplicação representará o desenvolvimento para Cidreira, Balneário Pinhal, Palmares do Sul e Capivari do Sul”, frisou o prefeito de Cidreira, Beto Pires.

Ele lembrou que, nos meses de verão, os congestionamentos são frequentes. “A estrada está saturada e a situação se agrava entre dezembro e março devido ao elevado movimento de veículos trafegando entre a região Metropolitana e o Litoral Norte”, assinalou.

O prefeito de Balneário Pinhal, Jorge Fonseca, também está engajado na campanha e na defesa da necessidade de qualificação das condições dos acessos às cidades da região. “Sabemos que ainda existem municípios sem acesso asfáltico, mas também temos que lutar pelo que julgamos seja justo para o Litoral Norte”, observou. Fonseca disse estar consciente de que a solução para um problema que se arrasta há décadas não ocorrerá em curto espaço de tempo. “Mas temos que lutar pelos nossos direitos e pelos interesses de cidades litorâneas com potencial de crescimento”, enfatizou.

O prefeito de Viamão, Alex Boscaini, por sua vez, também defende a necessidade de duplicação do trecho Gravataí-Viamão da RS 118. “Precisamos acabar com esses gargalos históricos que tumultuam o trânsito principalmente durante o período de veraneio”, argumentou. O presidente da Comissão Pró-Duplicação, Antônio Clayton Porto, afirmou que além de Balneário Pinhal, municípios como Capivari do Sul, Cidreira, Palmares do Sul, Tavares, Mostardas, Tramandaí e Viamão também se beneficiam com a duplicação.

A Comissão Pró-Duplicação já tem representação em Balneário Pinhal, Cidreira, Tramandaí, Capivari do Sul e Palmares do Sul. O trecho está sob concessão da Univias, mas o contrato não prevê a duplicação da ERS 040. O presidente da Comissão de Assuntos Municipais, Cassiá Carpes, afirmou que é preciso recuperar a infraestrutura viária do Rio Grande do Sul. “Temos apenas 180 quilômetros duplicados na malha rodoviária estadual”, contabilizou. Carpes pretende realizar uma audiência pública para tratar da duplicação da ERS 040 no Litoral Norte.

Bookmark and Share

publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895