Comprova retorna para combater desinformação sobre políticas públicas

Comprova retorna para combater desinformação sobre políticas públicas

Lançamento da segunda fase será feito durante congresso da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo

Por
Correio do Povo

Lançamento da segunda fase da iniciativa ocorrerá durante congresso da Abraji


publicidade

O projeto Comprova, coalizão de veículos de mídia, voltará a atuar no segundo semestre de 2019, agora com um papel mais educativo e focado em combater a desinformação sobre políticas públicas na internet. O lançamento da segunda fase será feito durante o congresso da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), que acontece de 27 a 29 de junho na universidade Anhembi-Morumbi, em São Paulo. O evento contará com a presença de Claire Wardle, diretora executiva do First Draft, entidade que pesquisa e combate a desinformação internet. 

A coalizão foi lançada em 2018 com 24 veículos de Comunicação com o objetivo de combater a disseminação de conteúdos falsos durante a eleição presidencial brasileira. Na primeira edição do projeto, os jornalistas do Comprova conduziram 146 investigações sobre conteúdos que tiveram grande viralização nas mídias sociais durante a campanha eleitoral. Dessas, somente 8% continham informações verdadeiras. 

"Neste ano não teremos eleições, mas verificamos que grupos politicamente motivados seguem impulsionando a circulação de falsidades", disse Daniel Bramatti, presidente da Abraji, entidade responsável pela gerência-executiva do projeto. "Além de desmentir boatos, o projeto buscará explicar políticas públicas e projetos para alterá-las, prestando um serviço à população."


Estão previstas também ações educativas, como a difusão de cursos online sobre o combate à desinformação criados pela organização não-governamental First Draft, que continuará dando apoio técnico à coalizão. A segunda fase do Comprova tem patrocínio do Google News Initiative, do Facebook Journalism Project e do WhatsApp. Outros patrocinadores podem se somar à iniciativa até o início do segundo semestre.