Concessionária ainda não definiu quando irá retirar estruturas de antigo pedágio da BR 290

Concessionária ainda não definiu quando irá retirar estruturas de antigo pedágio da BR 290

CCR ViaSul está em processo de contratação de empresa para desmanchar estrutura desativada no quilômetro 77

Cláudio Isaías

Ainda não há uma data definida para a retirada da estrutura do antigo pedágio da freeway em Gravataí

publicidade

As estruturas da praça de pedágio desativada no quilômetro 77 da BR 290, em Gravataí, ainda não têm previsão para serem retiradas, segundo informou nesta quinta-feira a CCR ViaSul, que faz a administração da rodovia. A concessionária explicou que ainda está em processo de contratação da empresa que fará a remoção dos equipamentos. Por enquanto, a concessionária pede que os motoristas redobrem a atenção ao passarem pela antiga praça até porque no local há uma sinalização ostensiva.

No período da manhã, alguns motoristas que estavam um pouco acima do limite de velocidade, no caso 100 km/h, o que é permitido para veículos leves na estrada, reduziam bruscamente a velocidade ao perceberem a estrutura. No local, a concessionária cobriu as cabines e há uma sinalização com informação sobre o limite de velocidade no trecho de 40 km/h.

O gestor de Atendimento da CCR Via Sul, Diogo Stiebler, disse que há uma atenção da empresa para que os motoristas tenham o mínimo de transtornos na região. “Decidimos cobrir todas as cabines e colocamos painéis com mensagens alertando que a passagem está livre. Reforçamos que os cuidados sejam redobrados e que o limite de velocidade seja respeitado", explicou.

Ele afirmou ainda que os condutores devem ficar atentos à sinalização, especialmente quando for iniciada as intervenções para demolição da antiga praça de pedágio. A concessionária realizou a retirada de todos os equipamentos eletroeletrônicos da praça.

Veja Também

A próxima etapa será o desmonte da estrutura com a retirada de toda a cobertura e das cabines e a manutenção pavimento. No entanto, ainda não há previsão para o começo desse trabalho.

No dia 15 de agosto, as atividades do pedágio foram encerradas. A mudança da praça de Gravataí era uma reivindicação antiga do município e uma das mais aguardadas pelos moradores.

A cobrança da tarifa acontece agora na nova praça, no quilômetro 60, com a tarifa de R$ 4,60 e pagamento nos dois sentidos. Já no pedágio de Santo Antônio da Patrulha, no quilômetro 19, já está em operação a cobrança bidirecional, sendo que o valor do pedágio passa a R$ 4,60 em cada direção.

Ao todo, são 25 cabines em funcionamento em ambas as praças, entre bidirecionais, mistas e com cobrança automática. Em Santo Antônio da Patrulha, o número representa um acréscimo de nove cabines em relação as 16 que operavam anteriormente.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895