Contêiner é instalado no necrotério do Hospital Moinhos de Vento

Contêiner é instalado no necrotério do Hospital Moinhos de Vento

Com o reforço da expansão, a estrutura atual do necrotério passa a comportar até 11 óbitos

Correio do Povo

Expansão prevê aumento no atraso de retirada de corpos por parte de funerárias

publicidade

O contêiner que irá expandir o atendimento do necrotério do Hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, começou a ser instalado na área interna da instituição nesta quarta-feira. A estrutura metálica irá atender, conforme a instituição, uma demanda de atraso na retirada de corpos por parte de funerárias. Com o reforço para oito corpos no contêiner, a estrutura atual do necrotério passa a comportar até 11 óbitos.

O anúncio do aluguel do contêiner foi divulgado pelo hospital nessa terça-feira, quando o Rio Grande do Sul passou de 100% a lotação de leitos de UTIs. Em comunicado, o Hospital Moinhos de Vento afirmou que a medida é programada e faz parte de mais uma etapa Plano de Gestão de Crise, criado pelo Comitê de Enfrentamento da Covid-19.

Nesta quarta-feira, a superlotação de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) da instituição era de 130,30%, conforme os dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A rede hospitalar de Porto Alegre opera hoje com 102,73% de seus leitos para casos graves comprometidos.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895