Corpo de 20ª vítima de desabamento é encontrado em Muzema
capa

Corpo de 20ª vítima de desabamento é encontrado em Muzema

Equipes de busca procuram por, pelo menos, três pessoas desaparecidas

Por
Agência Brasil

Polícia Civil investiga agora responsáveis pela obra e pela venda dos imóveis

publicidade

Os bombeiros resgataram na manhã desta quinta-feira o corpo de uma mulher dos escombros dos prédios que desabaram na comunidade da Muzema, na zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. Com isso, o número de mortos no desastre chega a 20 pessoas. Oito pessoas ficaram feridas.

Leia mais sobre o desabamento em Muzema

O Corpo de Bombeiros busca por pelo menos três desaparecidos nos escombros. Os dois prédios desabaram na manhã de 12 de abril. Os edifícios não tinham autorização da prefeitura e tiveram suas obras embargadas em novembro do ano passado. A Polícia Civil investiga agora os responsáveis pela obra e pela venda dos imóveis.

A região dos desabamentos é controlada pela milícia que atua no Rio de Janeiro. Um major da Polícia Militar e um ex-capitão do Batalhão de Operações Especiais (Bope) foram citados como responsáveis por gerir o local. O PM foi preso ainda em janeiro, na operação Intocáveis, desencadeada pelo Ministério Público e da Polícia Civil. O oficial do Bope conseguiu escapar e segue foragido. Os dois eram denunciados por grilagem e exploração imobiliária ilegal nas comunidades de Rio das Pedras e Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro, mas também eram suspeitos de chefiarem o Escritório do Crime.