Defesa Civil emite alerta de vendaval no RS neste sábado

Defesa Civil emite alerta de vendaval no RS neste sábado

Estado pode receber chuva forte com descargas elétricas e queda de granizo eventual

Correio do Povo

Rio Grande do Sul pode ter vendaval neste sábado, segundo Defesa Civil

publicidade

A Defesa Civil emitiu um alerta de vendaval que pode atingir o Rio Grande do Sul ainda neste sábado. Segundo o órgão, a previsão é de chuva forte com descargas elétricas, rajadas de vento de forte intensidade e queda de granizo eventual.

O mau tempo pode atingir principalmente cidades como Santa Maria, Bagé, Rio Grande, Pelotas e Uruguaiana.

Aumenta número de cidades em situação de emergência

Subiu de sete para nove o número de cidades gaúchas que decretaram situação de emergência, conforme o boletim divulgado da Defesa Civil na manhã deste sábado. Cristal e Canguçu também assinaram o decreto após contabilizarem os estragos causados por temporais que atingiram o Estado nessa semana.  

Em Cristal, a cidade sofre com alagamentos, falta de energia elétrica em várias regiões da zona rural e obstrução de sistemas de esgoto e drenagem na zona urbana.

Já em Canguçu, casas foram parcialmente destalhadas por ações do vento e granizo, assim como três escolas que estão sem condições para aulas, e uma ponte caída no 5º distrito de Canguçu que faz ligação a São Lourenço. 

Além destes municípios, Dom Pedrito, Bagé, Dilermando de Aguiar, Ibarama, Santana do Livramento, São Gabriel e São João do Polêsine também estão em situação de emergência. 

A Defesa Civil também informou que Camaquã entrou para a lista de cidades que registraram prejuízos por causa do mau tempo.

Conforme o órgão, houve uma inundação na Ilha Santo Antônio, em Camaquã, registrada na manhã deste sábado. Uma equipe se deslocou para o local para atender a região. Com isso, subiu de 32 para 33 o número de cidades gaúchas afetadas pela chuva. 

São Gabriel 

Nessa sexta-feira, o tempo seco contribuiu para que famílias de São Gabriel, que estavam em casas de parentes e vizinhos, voltassem para as suas próprias residências. Segundo informação da Defesa Civil do município, não há mais desalojados na cidade. 

Conforme o órgão, o nível do Rio Vacacai está baixando e marca 3,6m acima do nível normal. No entanto, as ruas do bairro Mato Grosso, o mais atingido pela chuva, continuam obstruídas. Com a previsão de precipitação para hoje, a Defesa Civil e os Bombeiros estão de plantão. 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895