Enchentes deixam mais de 340 pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul

Enchentes deixam mais de 340 pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul

Temporal também provocou a morte de um homem em Caxias do Sul

Por
Correio do Povo e Rádio Guaíba

Enchentes deixam mais de 340 pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul


publicidade

As enchentes causadas pela forte chuva que atingiu diversas cidades gaúchas nessa terça-feira deixaram mais de 340 pessoas fora de casa no Rio Grande do Sul. De acordo com a Defesa Civil do Estado, além de provocar a morte de um homem em Caxias do Sul por conta de um deslizamento, o temporal obrigou 341 pessoas a saírem de casa, das quais 276 estão desabrigadas e outras 65 desalojadas. Ao menos seis municípios registraram estragos em função do temporal. 

O governador Eduardo Leite usuou as redes sociais para se manifestar sobre temporal. "Acompanhamos desde ontem a situação dos municípios afetados por conta da chuva das últimas horas, entre eles Santa Rosa, Caxias, Lajeado, Ijuí, Santa Tereza e São Sebastião do Caí. Todas as equipes da Defesa Civil estão prestando apoio às prefeituras nos trabalhos", escreveu no Twitter.

Em Lajeado, 160 moradores – 40 famílias – foram removidos para o Parque do Imigrante por conta da cheia do rio Taquari. Por ordem do prefeito, desde ontem, as secretarias de Obras e Serviços Públicos, coordenadoria de Serviços Urbanos, Secretaria de Segurança Pública e Departamento de Trânsito estão de prontidão para as primeiras ações. Conforme o coordenador da Defesa Civil do município, Heitor Hoppe, o primeiro ponto de alagamento ocorreu no cruzamento da Rua Santos Filho com a Av. Décio Martins Costa (valão), quando o Rio Taquari atingiu a cota de 19,5 metros.

“Não podemos falar em previsão de cota, pois não sabemos se haverá de fato uma cheia, mas as previsões de muita chuva nas cabeceiras nos colocam em uma situação de alerta máximo”, destacou. Ele reforça que o nível do rio Taquari é observado não somente em Lajeado, mas também nos municípios da região alta do Vale, a exemplo de Encantado.

Já em São Sebastião do Caí, 91 pessoas que moram às margens do rio Caí foram obrigadas novamente a deixarem suas casas. Ao todo, 27 famílias estão abrigadas no ginásio Rio Branco. 


A estimativa da Defesa Civil é de que 320 casas foram afetadas por inundações no Rio Grande do Sul. Em Santa Rosa, há a inundação de dois arroios que cruzam parte da cidade. Nesta localidade, 25 pessoas tiveram de ser removidas foram levadas para o ginásio Liminha. Já nas cidades de Ijuí e Santa Tereza, outras 64 pessoas que estão desalojadas foram deslocadas para casas de parentes e amigos.