Equipes de resgate seguem buscas por bombeiros desaparecidos

Equipes de resgate seguem buscas por bombeiros desaparecidos

À tarde, agentes se concentraram no resfriamento do prédio, para viabilizar o trabalho

Felipe Samuel

Corpo de Bombeiros seguirá na busca por agentes desaparecido após incêndio na SSP

publicidade

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar e do Instituto-Geral de Perícias (IGP) continuaram mobilizados, na tarde desta quinta-feira, na busca pelos dois bombeiros desaparecidos durante combate a incêndio que consumiu a sede do prédio-sede da Secretaria da Segurança Pública, em Porto Alegre, na quarta-feira.

O trabalho dos bombeiros durante a tarde priorizou resfriar a estrutura do prédio para facilitar o acesso de cães farejadores, que auxiliavam nas buscas pelo 1º tenente Deroci de Almeida da Costa e o 2º sargento Lúcio Ubirajara de Freitas Munhós, que foram os primeiros a chegar no local para debelar as chamas. Mesmo horas após o fogo ter sido controlado, ainda era possível notar fumaça saindo da estrutura

Comandante do 1° Batalhão de Bombeiro Militar, o tenente-coronel Eduardo Estevam Rodrigues afirmou que o objetivo é garantir a segurança dos profissionais que seguiam as buscas no local. “Continuamos incessantemente fazendo o resfriamento da edificação devido à carga de incêndio muito alta, com muito material que queima, material combustível como toda edificação possui. Para garantir a segurança das equipes a gente precisa fazer resfriamento durante o dia”, destacou.

Rodrigues reforçou que as buscas seguiriam durante a noite: “Temos equipes de buscas fazendo a incursão dentro da edificação e temos os cães que estão fazendo a busca dos possíveis desaparecidos. Não vamos cessar, passaremos a noite inteira, trocando as guarnições, realizando todo e qualquer serviço necessário para encontrar os militares desaparecidos e também dar segurança e debelar totalmente qualquer risco ou sinistro” completou.

Rodrigues não detalhou o local onde os bombeiros buscavam pelos desaparecidos. “Não podemos determinar agora porque eles estão lá com cães fazendo essa busca. Por ora não podemos determinar essa situação”, explicou. “Tão logo nós tenhamos alguma novidade, vamos imediatamente comunicar todos. Peço a compreensão, as guarnições estão sendo trocadas, rendidas aqui no local. Vamos continuar a noite inteira.”

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895