EUA e Europa anunciam voo não tripulado conjunto à Lua

EUA e Europa anunciam voo não tripulado conjunto à Lua

Cooperação entre Nasa e ESA faz parte de projeto de missões com astronautas a Marte em 2030

AFP

ESA fornecerá módulo de serviço para a nave Orion da Nasa

publicidade

A Nasa (agência espacial americana) e sua contraparte europeia, ESA, anunciaram esta quarta-feira uma missão conjunta para levar um voo não tripulado ao redor da Lua em 2017, a primeira etapa de uma cooperação internacional acertada para a exploração espacial tripulada além da órbita terrestre. O ATV (Veículo de Transferência Automática, na sigla em inglês) será modificado para se tornar um módulo de serviço da cápsula espacial americana Orion, destinada a transportar astronautas americanos para um asteroide e para Marte por volta de 2030.

Construído para o transporte de carga à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês), o ATV já realizou com sucesso três missões à estação orbital desde 2008. O veículo será acoplado diretamente à Orion e proporcionará propulsão, eletricidade e controle térmico, assim como água e outras necessidades dos astronautas que voarão a bordo da nave espacial.

A Nasa prevê uma segunda missão ao redor da Lua em 2021, desta vez tripulada. "Trata-se da primeira etapa de uma cooperação internacional, mais além da órbita terrestre baixa", comentou William Gerstenmaier, diretor adjunto da Nasa para a exploração tripulada, durante entrevista coletiva no Centro Espacial Johnson, em Houston. "Estamos abrindo uma nova fase na cooperação transatlântica", comemorou Thomas Reiter, encarregado de voos tripulados da ESA.

"A decisão da Nasa de cooperar com a ESA em seu programa de exploração tripulada, no qual a agência europeia aporta um elemento essencial da missão, é um forte sinal de confiança das capacidades da ESA", acrescentou Reiter.  A Nasa anunciou em novembro a intenção de realizar, no começo de 2014, um voo de teste, sem astronautas, da cápsula Orion, sucessora do ônibus espacial, destinada especialmente às missões tripuladas longínquas para além da órbita terrestre.



Bookmark and Share

Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895