EUA registra novo recorde com 65 mil confirmações de Covid-19 em 24 horas

EUA registra novo recorde com 65 mil confirmações de Covid-19 em 24 horas

Especialistas alertam que reabertura do país está sendo feita de forma errada e que pode gerar riscos

Por
AFP

Em meio à pandemia, pessas fazem fila para shopping da Disney em Anaheim


publicidade

Os Estados Unidos registraram um novo recorde de contágios pelo novo coronavírus em 24 horas nesta quinta-feira, com mais de 65.500 novos casos reportados em um dia, segundo a Universidade Johns Hopkins. O total de diagnósticos positivos de Covid-19 no país desde o início da pandemia supera os 3,11 milhões e o registro anterior data de terça-feira, com mais de 60.200 casos.

A preocupação com a disseminação do vírus continua aumentando no território americano, que tem observado um surto de infecções nas regiões sul e oeste nas últimas semanas. "Estamos em uma situação muito difícil", disse nesta quinta-feira o especialista em doenças infecciosas Anthony Fauci, consultor da Casa Branca para a crise do coronavírus.

A reabertura do país ocorreu "pulando todas as etapas recomendadas. Não é a maneira correta de fazer isso, precisamos repensá-la e fazê-la de maneira diferente", criticou o especialista durante uma teleconferência organizada pelo jornal The Hill. "Os estados devem interromper seu processo de desconfinamento", disse, mas acrescentou que não considera necessário "retornar a um isolamento completo".


"Pela enésima vez, a razão pela qual temos tantos casos, em comparação a outros países que não se saem muito melhor do que nós, é que testamos muito mais e melhor", escreveu nesta quinta o dirigente republicano no Twitter.