Falta de energia afeta 214 mil clientes após temporais no Estado
capa

Falta de energia afeta 214 mil clientes após temporais no Estado

Concessionárias evitam estimar prazo para normalização do sistema de abastecimento

Por
Correio do Povo

Segundo a CEEE, em Dom Pedrito, o INMET registrou ventos de 125,6 km/h entre 6h e 7h da manhã de hoje.

publicidade

Após mais uma noite e madrugada de temporais em todo o Estado, 214,8 mil clientes enfrentam falta de energia elétrica em diversas cidades. As chuvas volumosas e os ventos de até 130 km/h destruíram redes elétricas em pontos de todo o Estado. As concessionárias evitam estimar prazo para normalização do sistema de abastecimento

Os locais mais afetados estão na área de concessão da RGE. Conforme a concessionária, com 170 mil pontos desabastecidos, as regiões mais atingidas são a Serra e Planalto. A RGE informou no final da manhã desta quarta-feira que a possibilidade de manutenção da instabilidade ao longo do dia, especialmente no Norte do Estado, pode trazer novos prejuízos.

No terceiro dia de trabalho de falta de energia após sequência de temporais, a CEEE contabiliza 44,8 mil clientes sem abastecimento.

Os pontos mais críticos, com postes e redes caídas, além locais de difícil acesso concentram-se nas regiões: Centro Sul, Campanha, e Sul. As cidades mais atingidas são Dom Feliciano, Barão do Triunfo e Cerro Grande do Sul, Dom Pedrito, Morro Redondo e Canguçu. Dom Pedrito já decretou situação de emergência depois que mil famílias foram afetadas pelas tempetades e inundações.