Falta de luz afeta abastecimento de água em 12 localidades de Porto Alegre

Falta de luz afeta abastecimento de água em 12 localidades de Porto Alegre

Dmae aguarda o retorno do fornecimento de luz para retomar sistemas nas estações de bombeamento

Rádio Guaíba

A queda de energia também deixa semáforos fora de operação

publicidade

O temporal que atingiu Porto Alegre na noite dessa segunda-feira ainda deixa milhares de moradores sem luz na Capital gaúcha. A falta de energia elétrica afeta ainda o funcionamento de algumas Estações de Bombeamento de Água Tratada (Ebats). De acordo com a prefeitura, doze localidades estão com abastecimento prejudicado. São elas: Agronomia, Belém Velho, Jardim Bento Gonçalves, Jardim São Jorge, Morro Santana, Parque Charruas, Protásio Alves, Vila das Laranjeiras, Vila dos Sargentos, Vila Nova, Vila Tijuca e Vila Topázio. O Dmae aguarda o retorno do fornecimento de luz para retomar esses sistemas.

Ainda segundo a prefeitura, os ventos atingiram a velocidade de 57km/h durante a madrugada, derrubando árvores. A queda de energia também deixou semáforos fora de operação.

Há três pontos com bloqueio total nesta manhã, nas ruas Casemiro de Abreu, Couto de Magalhães e na Dr. Barcelos, onde uma árvore caiu sobre o ponto de ônibus, derrubando a estrutura. No total, foram registradas 13 ocorrências envolvendo queda de árvores ou galhos. As equipes de manejo arbóreo da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos auxiliam na remoção dos vegetais.

Até as 7h eram registrados oito pontos com semáforos fora de operação ou em amarelo piscante. As equipes da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) atuaram durante toda a madrugada nos pontos com problemas.

A Defesa Civil Municipal não recebeu nenhum chamado de ocorrências envolvendo destelhamentos ou danos em residências. Também não há registro de feridos. O Centro integrado de Comando da Cidade de Porto Alegre (Ceic) , registrou 12,4 mm de chuva e não há acúmulo de água em vias.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895