Famílias atingidas por cheia do rio Caí iniciam retorno para casa

Famílias atingidas por cheia do rio Caí iniciam retorno para casa

Águas baixaram e permitiram a limpeza das residências nesta quinta-feira

Por
Correio do Povo e Rádio Guaíba

Famílias atingidas por cheia do rio Caí iniciam retorno para casa


publicidade

As famílias atingidas pela enchente do rio Caí, uma das consequências do ciclone que passou pelo Rio Grande do Sul nessa terça e quarta-feira, começaram a voltar para as suas casas na manhã desta quinta. De acordo com a Defesa Civil de São Sebastião do Caí, isso foi possível graças à baixa das águas, que permitiu aos moradores a limpeza da residências. 

Pelo menos três famílias já retornaram e a expectativa da Defesa Civil do município é de que até amanhã todas as 17 famílias prejudicadas pelo ciclone, abrigadas no Centro Integrado Navegantes, retornem para as suas moradias. O trabalho das equipes da prefeitura e Defesa Civil está sendo agora de fazer o transporte de móveis e eletrodomésticos dos 74 desabrigados.

O coordenador da Defesa Civil local, Pedro Griebler, afirmou que não há mais alagamentos nas ruas da cidade e o rio já se encontra dentro do leito. No pico da cheia, o nível das águas passou dos 12 metros. 

Além das pessoas levadas ao Centro Navegantes, a Defesa Civil estima que outras 350 famílias foram atingidas pela enchente. Durante o período em que ficaram abrigadas no local, os moradores prejudicados pela enchente receberam kits com álcool gel e luvas e foram orientados para que mantivessem o distanciamento social. 


*Com informações dos repórteres Guilherme Kepler e Stephany Sander