Feriadão de Natal fecha com 11 mortes no trânsito gaúcho
capa

Feriadão de Natal fecha com 11 mortes no trânsito gaúcho

Operação de Ano Novo reforça fiscalização a partir da madrugada desta sexta

Por
Rádio Guaíba

Foram fiscalizados 33,4 mil veículos durante o feriadão


publicidade

A operação Viagem Segura de Natal registrou 11 mortes, em nove acidentes de trânsito, entre sexta passada e essa quarta-feira. Em 2018, foram 31 mortes nos quatro dias da operação de Natal, já considerando as vítimas que morreram em hospitais até um mês depois do acidente.

Nos seis dias de feriadão em 2019, Polícia Rodoviária Federal, Comando Rodoviário da Brigada Militar e órgãos municipais de trânsito, além da BM, em cidades onde não existem essas estruturas, registraram 249 acidentes. Desses, 167 deixaram 255 feridos, conforme o balanço divulgado hoje pelo Detran gaúcho.

Foram fiscalizados 33,4 mil veículos, 625 deles recolhidos durante o feriadão. O total de multas chegou a 18,2 mil. A PRF, que voltou a operar radares móveis em cumprimento a uma decisão judicial, não discriminou o número específico desse tipo de autuação no Rio Grande do Sul.

No que se refere ao combate ao uso de álcool pelos condutores, 7.158 foram convidados a realizar testes de bafômetro e a maioria (95,7%) zerou o resultado.

Outros 305 condutores foram autuados e terão de pagar multa de R$ 2.934,70, com suspensão do direito de dirigir por um ano (além da retenção do veículo e do documento).

Os testes identificaram 105 motoristas alcoolizados, 23 deles levados a delegacias da Polícia Civil por abuso de álcool que configura crime de trânsito. Outros 200, que se recusaram o exame de bafômetro, também foram autuados, como determina a legislação.

Viagem Segura de Ano Novo

Assim como ocorreu no Natal, o feriadão de Ano-Novo vai ter reforço de ações de fiscalização, entre a madrugada desta sexta e a noite de quarta (1º). Historicamente, o Réveillon não é um dos feriados mais violentos no trânsito, mas o grande movimento esperado nas estradas, especialmente em direção ao litoral, inspira cuidado redobrado.

A média nos últimos 12 anos é de 5,2 vítimas fatais/dia na virada do ano, enquanto a média geral dos 15 feriados ou datas festivas em que é realizada a operação é de 6,4 mortes/dia.


No ano passado, 18 pessoas perderam a vida em cinco dias, considerando as que faleceram até 30 dias pós-acidente.