Feriado do Dia do Trabalho terá oferta reduzida de serviços em Porto Alegre

Feriado do Dia do Trabalho terá oferta reduzida de serviços em Porto Alegre

Cidades do Litoral e Serra terão restrições de circulação

Gabriel Guedes

Feriado do Dia do Trabalho terá oferta reduzida de serviços em Porto Alegre, com muitos estabelecimentos comerciais fechados

publicidade

O Feriado do Dia do Trabalho terá oferta reduzida de serviços em Porto Alegre, com muitos estabelecimentos comerciais fechados. A prefeitura informa que serviços essenciais, como coleta de lixo, estarão funcionando normalmente. Já os ônibus estarão operando com 35% da capacidade em relação a um feriado antes da pandemia, com tabela horária de domingo e algumas linhas canceladas. Mas quem optar por sair da cidade, não vai se deparar com ações especiais de patrulhamento nas estradas, mas, em compensação, em áreas do Litoral Norte e da Serra a circulação de pessoas estará restrita em locais públicos.

Conforme a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), o transporte coletivo terá operação semelhante à que foi realizada no último domingo, 26. Parte das linhas operam somente nos horários de pico da manhã, das 5h às 9h, e da tarde, das 16h às 19h, enquanto horários noturnos serão suspensos em linhas que transportam número reduzido de passageiros por viagem.

Outras 65 linhas seguem desativadas, tanto neste e em outros feriados, quanto nos domingos enquanto perdurar a crise ligada à pandemia de Covid-19. A tabela do feriado será disponibilizada nos canais oficiais e no site da EPTC. Já o Trensurb irá operar com intervalos de 30min entre um trem e outro.

Os supermercados abrem de acordo com negociação entre empresas e funcionários. Entre os que abrem estão as lojas do Zaffari e Carrefour. Já o Rissul estará fechado, por exemplo. Contudo, o comércio, sob a expectativa de novos decretos do Governo do Estado e da Prefeitura de distanciamento social, ainda está sob impasse.

Por isso, o Sindilojas Porto Alegre afirmou que a entidade não irá se posicionar sobre o assunto. Em condições normais, sem a pandemia de Covid-19, os comerciantes poderiam abrir com funcionários que tivessem feito a opção pelo trabalho em feriados em acordo.

Os bancos, segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), em função do feriado, não estarão funcionando. A população poderá usar somente os canais digitais de atendimento para realizar as movimentações financeiras, como aplicativos e internet banking, além de caixas eletrônicos e banco por telefone. Já as contas com vencimento marcado para o dia 1º poderão ser pagos no próximo dia útil sem incidência de multa.

A Caixa Econômica Federal, também estará fechada na sexta-feira, mas no sábado, dia 2, vai abrir cinco agências da Capital para prestar atendimentos essenciais, como saque INSS sem cartão; saque de Seguro Desemprego ou Seguro Defeso sem cartão e senha; saque Bolsa Família e outros benefícios sociais sem cartão e senha; pagamento de Abono Salarial e FGTS, também sem cartão e senha; também dá para efetuar o desbloqueio de cartão e senha de contas.

Litoral e Serra

O chefe da Comunicação Social da Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Rio Grande do Sul, Felipe Barth afirma que as rodovias federais não terão efetivo reforçado. “Devido à redução de deslocamentos não estamos prevendo aumento de fluxo. Então seguirá o serviço normal”, aponta. Nas estradas estaduais, o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM) também informou que vai seguir atuando normalmente na sua jurisdição.

Quem viajar de ônibus para outra cidade, segundo o chefe de operações da Estação Rodoviária, Jorge Rosa, as empresas manterão a operação mínima dos serviços, sem oferta de mais carros. No Porto Alegre Airport, a situação é semelhante. Serão somente cinco decolagens e cinco chegadas nesta sexta-feira, número pequeno em razão da malha emergencial e não do feriado. Mas eventuais mudanças podem ocorrer em função de ajustes das próprias companhias aéreas, lembra a Fraport, que administra o terminal.

Quem pensa em escapar para o Litoral Norte, não terá alívio no distanciamento e isolamento social. Segundo o prefeito de Imbé e presidente da Associação dos Municípios do Litoral Norte (AMLINORTE), Pierre Emerim, a faixa de praia estará interditada. “Iremos fiscalizar para que não utilizem a faixa de praia e iremos cobrar as máscaras”, alerta.

Na cidade que ele administra, o uso de máscara para circular nas ruas também passou a ser obrigatório desde ontem. Situação semelhante também para quem resolver subir a Serra. Em Gramado, segundo a Prefeitura, parques privados e praças públicas estarão fechadas. Também poderão ocorrer abordagens para evitar aglomerações e recomendar também o uso de máscara.

•• Linhas de ônibus desativadas no feriado

• Consórcio MOB - 4321, 605, 608, 6101, 620, 632, 637, 650, 6531, 654, 661, 662, 7052, 7312, B09, M21, M31 e M52;
• Consórcio Viva Sul - 176, 177, 188, 244, 2441, 264, 2685, 2701, 272, 2733, A288, A09, A11, A141, A17, A85;
• Consórcio Mais - 255, 2572, 2573, 3441, 3442, 347, A348, 349, A360, 375, 3762, 3984;
• Consórcio Via Leste - 429, 433, 4332, 436, 4382, 473, 476, 4923, 525, 6712, A14, A952, A953, A97, A974, A98, A99, A991 e M76.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895