Festa junina que feriu prefeito de Osasco não tinha autorização, dizem bombeiros
capa

Festa junina que feriu prefeito de Osasco não tinha autorização, dizem bombeiros

Fogueira explodiu no momento em que foi acesa

Por
R7

publicidade

O Corpo de Bombeiros informou na segunda-feira, que a administração da festa junina ocorrida em Osasco e que vitimou o prefeito da cidade não tinha autorização para utilizar a fogueira. A explosão atingiu o político, que ficou com 14% das partes do corpo e da face queimadas

De acordo com o Capitão Marcos Palumbo, chefe da comunicação social do Corpo de Bombeiros, o local onde ocorreu o evento tinha um auto de vistoria para a edificação e tinha em anexo um evento temporário, documento que indica quais os objetos que serão utilizados durante a festa, como tendas e barracas.

Neste documento não havia, porém, menção de que uma fogueira seria utilizada. O Corpo de Bombeiros aplicou uma advertência no proprietário do edifício e encaminhou a documentação para a Prefeitura de Osasco. A Prefeitura disse então que ainda não foi notificada pelos bombeiros.

O órgão informou que não questionou a empresa Arena VIP, responsável pela organização do evento, uma vez que cabe a Polícia Civil apurar as causas da explosão. O 1° DP de Osasco assumiu as investigações do caso nesta segunda-feira. O local passou por perícia no período da manhã e um laudo do Instituto de Criminalística deve apontar as causas do incêndio.