Fiocruz aponta redução de casos, mortes e internações pela Covid-19 no Brasil

Fiocruz aponta redução de casos, mortes e internações pela Covid-19 no Brasil

Estado do Rio de Janeiro é o único a registrar aumento do número de casos e de ocupação dos leitos de UTI do SUS

R7

Segundo a publicação, a taxa de mortalidade geral diminuiu 0,9% ao dia

publicidade

O Boletim do Observatório Covid-19 da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), publicado nesta quinta-feira, aponta para a oitava semana consecutiva em que o Brasil registra redução nos números de casos, internações e óbitos causados pela Covid-19. 

Segundo a publicação, a taxa de mortalidade geral diminuiu 0,9% ao dia, enquanto a taxa de incidência de casos apresentou redução de 1,5% por dia. Com exceção dos estados do Rio de Janeiro e do Paraná, que apresentaram aumento na taxa de ocupação dos leitos de UTI (unidade de terapia intensiva) do SUS, o restante do país passa por um momento de alívio nos hospitais, indicou a Fiocruz.

Além disso, a Fiocruz registrou uma redução da proporção de internações nas faixas etárias de 40 a 59 anos. Por outro lado, a proporção relativa das faixas etárias de idosos, que vinha caindo progressivamente, passou a aumentar. 

O boletim também destaca que a circulação do vírus no país permanece alta. “Este cenário preocupa ao considerarmos que a transmissão permanece alta e a variante Delta se encontra em circulação em vários municípios, com potencial de se disseminar”, destacaram os cientistas responsáveis pela publicação.

Neste sentido, a Fiocruz destaca que o Rio de Janeiro, estado com maior número de casos da variante Delta entre a população, registrou aumento do número de casos e chegou a 70% de ocupação dos leitos de UTI, sendo que a capital apresenta ocupação de 92%.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895