Fiscalização fecha estabelecimentos e apreende mercadorias de ambulantes no Centro de Porto Alegre

Fiscalização fecha estabelecimentos e apreende mercadorias de ambulantes no Centro de Porto Alegre

Comércio de eletroeletrônicos e vestuário estavam entre os fiscalizados nesta sexta-feira

Gabriel Guedes

Locais fiscalizados eram do segmento de eletroeletrônicos, vestuário e outros departamentos não considerados serviços essenciais

publicidade

Uma operação de fiscalização promovida pela Prefeitura de Porto Alegre na tarde desta sexta-feira, resultou no fechamento de 10 estabelecimentos que não deveriam estar abertos e na apreensão de 37 caixas de hortifrutigranjeiros de vendedores que insistiam em atuar em área não permitida no Centro. A ação contou com fiscais, agentes da Guarda Municipal e Brigada Militar, do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM).

Conforme o diretor de Fiscalização da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SMDE), Denis Carvalho, as 10 lojas que foram interditadas eram do segmento de eletroeletrônicos, vestuário e de departamentos e não deveriam estar abertas, devido ao decreto que reforça o distanciamento social no combate à Covid-19.

Já os ambulantes abordados eram vendedores de frutas e verduras que ficam no entorno do Mercado Público. A ação recolheu 37 caixas, que segundo Denis, encheu uma Kombi. “Comércio ambulante é proibido no quadrilátero central e só é permitido a licenças antigas, como alguns carrinhos de cachorro quente que já existiam antes de 2010”, explicou o diretor.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895