Freeway registra poucas filas neste sábado

Freeway registra poucas filas neste sábado

Antes do pedágio, dois outdoors foram colocados pela CCR ViaSul para avisar aos motoristas que a cobrança já está em vigor

Jessica Hübler

Obra é necessária para a troca do pedágio do km 77 para o novo local no km 60

publicidade

A movimentação na BR 290 (Freeway) foi tranquila na manhã do primeiro sábado de pleno funcionamento das cancelas no pedagio. Pequenas filas foram registradas na praça de Gravataí, principalmente por conta da adaptação do serviço tanto por parte dos funcionários, quanto por parte dos condutores. Antes do pedágio, dois outdoors foram colocados pela CCR ViaSul para avisar aos motoristas que a cobrança já está em vigor. Além disso, a placa de sinalização com os valores também foi atualizada pela concessionária.

Desde a meia-noite de quinta para sexta-feira foi retomado o pagamento dos pedágios tanto em Gravataí - sendo R$ 4,40 para veículos leves, bidirecional, como também em Santo Antônio da Patrulha - R$ 8,80 para veículos leves, unidirecional (pagam somente condutores que trafegam no sentido Capital-Litoral). Muitos motoristas questionaram o fato de as cabines não disponibilizarem a opção de efetuar o pagamento em cartões de débito ou crédito. A CCR ViaSul afirmou que a demanda será avaliada posteriormente, mas não há uma previsão para implantação do mecanismo.

Além disso, a concessionária declarou que a maioria dos condutores aderiu, no momento, às tags de passagem automática que estão sendo comercializadas nas praças de pedágio, pela operadora que está atuando no momento, que é a "Sem Parar". Outra alternativa, no caso de o condutor não ter dinheiro, é o pagamento do valor exato da tarifa, em cheque, no nome da pessoa.

Para os motoristas que já possuíam tags de passagem automática e deixaram de efetuar o pagamento durante o período em que a passagem no pedágio esteve livre, a CCR ViaSul explicou que é necessário entrar em contato com a operadora para regularização. Aqueles que continuaram arcando com os custos, mesmo durante o período em que não havia cobrança, podem passar direto pelas cancelas de cobrança automática.

Sobre o monitoramento do tráfego, que também indica a movimentação de veículos por minuto em cada trecho da rodovia, a CCR ViaSul afirmou que está trabalhando para disponibilizar o serviço o quanto antes.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895