Fumaça da Austrália chega ao Rio Grande do Sul nesta terça
capa

Fumaça da Austrália chega ao Rio Grande do Sul nesta terça

Situação deverá deixar pôr do sol mais alaranjado nos próximos dias, mas não causará danos à saúde

Por
Felipe Samuel

Meteorologista garante que a fumaça não oferece risco à saúde aos gaúchos

publicidade

A fumaça dos incêndios na Austrália deve chegar ao Rio Grande do Sul nesta terça-feira, depois de passar por Argentina e Chile. De acordo com a Metsul Meteorologia, um sistema de baixa pressão impulsionará a nuvem do Centro da Argentina até o Estado. A meteorologista Estael Sias garante que a população da Capital deverá observar um pôr do sol mais alaranjado na quarta e quinta-feira. Apesar da aguardada mudança visual na paisagem nos próximos dias, ela garante que a fumaça não oferece risco à saúde dos gaúchos.

Estael observa que o vento com mais de dez quilômetros de altura, que vem de Oeste para Leste, é capaz de transportar “tudo que vem pelo caminho”. Segundo a meteorologista, as queimadas na Austrália atingiram altura muito alta e a fumaça produzida a partir disso se parece com nuvens de vulcão. “Se não chover no caminho, não vai atrapalhar nossa visibilidade como foi no transporte das cinzas vulcânicas na América do Sul que vieram do Chile”, explica, em alusão à chegada das cinzas do vulcão chileno Calbuco ao RS, que invadiram o Estado em 24 de abril de 2015.

Conforme a Metsul, apesar da chegada da fumaça no estado, a previsão para os próximos dias na Capital é de calor, principalmente na quinta-feira, com chuvas esparsas na sexta e no sábado. “Vamos observar pôr do sol quarta e quinta-feira mais alaranjado. Pode ser que tenha alguma chuva, mas nada que vá atrapalhar nossa saúde ou ter efeito mais forte. Será um fenômeno mais a título de curiosidade”, completa.